EDUCAÇÃO

Enem, 2º maior "vestibular" do mundo, será no domingo

Enem, 2º maior "vestibular" do mundo, será no domingo

Apenas o Gão Kão, exame chinês, tem maior número de participantes

Apenas o Gão Kão, exame chinês, tem maior número de participantes

Publicada há 4 meses

Com mais de 5,5 milhões de inscritos para a edição 2018, o Enem tem a primeira rodada de provas neste domingo, 4. A segunda será no próximo dia 11, sendo que na região as provas serão aplicadas na sede da FEF em Fernandópolis.


Maior exame vestibular do Brasil (reconhecido oficialmente pelo RankBrasil – Recordes Brasileiros) e o segundo maior do mundo, atrás somente do Gāo Kǎo, o exame de admissão do ensino superior da República Popular da China. A prova conta com mais de 5,5 milhões de inscritos, divididos em 1.725 municípios.


RECOMENDAÇÕES


Os candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio 2018 (Enem) e precisam comprovar o comparecimento ao primeiro dia de provas já podem imprimir sua ‘declaração de comparecimento’, disponível na Página do Participante. Ela pode ser útil para, por exemplo, quem precisa justificar a falta no trabalho.


No dia da prova, o candidato deve levar o documento impresso e colher assinatura do fiscal da sala. Haverá uma declaração para cada domingo de aplicação. A primeira já está disponível para download. A partir do dia 05 de novembro, será liberada a declaração referente ao segundo dia do Enem 2018.


O "Cartão de Confirmação" só será visualizado após o participante confirmar ter lido o aviso e estar ciente de que é o responsável por levar essa declaração, caso necessite.


RESULTADOS E DATAS


No dia 14 de novembro, o Inep disponibiliza em seu site os cadernos de questões e os gabaritos. Fique atento à cor da sua prova (branca, azul, amarela, rosa, cinza ou laranja) para conferir o gabarito correto.

Essa é a única data marcada com antecedência! Os dias de liberação dos resultados individuais, dos treineiros e dos espelhos de redação serão confirmadas futuramente pelo o instituto responsável pelo Enem.

Em janeiro de 2019, o Inep disponibiliza para consulta online o Boletim de Desempenho Individual no Enem - a tão esperada nota! Acessando esse documento, você descobrirá a sua pontuação nas provas de:

- Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

- Ciências Humanas e suas Tecnologias


- Ciências da Natureza e suas Tecnologia

- Matemática e suas Tecnologias

- Redação

Em março de 2019 será a vez dos treineiros descobrirem a sua pontuação. Isto é, candidatos menores de 18 anos que participaram do Enem 2018 somente para testar seus conhecimentos.

Ainda em março de 2019, todos os participantes que fizeram a prova de redação poderão consultar online uma cópia do texto que produziram. O espelho da redação será disponibilizado no site do Inep.


COMO USAR A NOTA


O Enem não é somente uma prova que avalia o desempenho escolar e acadêmico de alunos do ensino médio. Com os seus resultados em mãos, é possível:

- Participar do Sisu para concorrer a uma vaga na graduação de uma instituição pública de ensino superior no Brasil.

- Participar do vestibular de instituições portuguesas conveniadas ao Inep.

- Concorrer a uma bolsa de estudos do ProUni para estudar em uma faculdade particular.

- Conseguir um financiamento estudantil via Fies para estudar em uma faculdade privada no Brasil.

- Começar uma graduação uma instituição privada sem fazer uma nova prova de vestibular.

- Conseguir descontos na mensalidade da graduação presencial ou a distância de faculdades particulares.


O ENEM

A prova também é feita por pessoas com interesse em ganhar bolsa integral ou parcial em universidade particular através do Programa Universidade para Todos (ProUni) ou para obtenção de financiamento através do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). Entre 2009 e 2016 o exame serviu também como certificação de conclusão do ensino médio em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), antigo supletivo, substituindo o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que voltou a ser realizado a partir de 2017.

A prova foi criada em 1998, sendo usada inicialmente para avaliar a qualidade da educação nacional.Teve sua segunda versão iniciada em 2009, com aumento do número de questões e utilização da prova em substituição ao antigo vestibular. O exame é realizado anualmente e tem duração de dois dias, contém 180 questões objetivas (divididas em quatro grandes áreas) e uma questão de redação.


últimas