POLICIAL

Companheiro agride mulher a marretadas na frente da filha

Companheiro agride mulher a marretadas na frente da filha

Tentando ajudar a mãe, menina de 13 anos também foi agredida pelo padastro

Tentando ajudar a mãe, menina de 13 anos também foi agredida pelo padastro

Publicada há 3 meses

Uma mulher de 45 anos ficou gravemente ferida ao ser agredida a marretadas pelo companheiro em Araçatuba/SP. De acordo com a família, o crime aconteceu na frente da filha da vítima, de 13 anos. 

Ao tentar ajudar a mãe, a adolescente também foi agredida pelo padrasto com socos e marretadas na cabeça e nas costas. Segundo a menina, as agressões começaram depois de uma discussão entre o casal. O homem não aceitava o fim do relacionamento de 5 anos. 

“Só escutei ela (a mãe) falando para ele (o agressor) não fazer isso. Vi ele agredindo ela na cabeça e fui para cima dele. Montei nele, dei uma joelhada na boca e ele me deu marretada na cabeça. Foi quando eu caí no chão. Tentei levantar e fui até o banheiro, mas ele deu um soco nas costas e eu bati o queixo e levei três pontos. Tranquei a porta, mas ele conseguiu arrebentar o banheiro e me agrediu mais. Dois consegui ligar para minha irmã e para a polícia”, conta. 

Após a agressão, o suspeito fugiu e não foi detido pela polícia. Já a mulher foi socorrida e encaminhada para a Santa Casa de Araçatuba. 

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a mulher está passando por um tratamento com a equipe neurológica e o estado de saúde dela é estável. 

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) disse que o boletim de ocorrência registrado pela família foi registrado pela Polícia Militar e não chegou à delegacia. 

últimas