SAÚDE

Pacientes perdem a calma e reclamam de atendimento na UPA

Pacientes perdem a calma e reclamam de atendimento na UPA

Em horários de pico, atendimento demora até cinco horas, relatam denunciantes

Em horários de pico, atendimento demora até cinco horas, relatam denunciantes

Publicada há 1 semana

Pacientes estão reclamando da demora no atendimento na Upa (Unidade de Pronto Atendimento) na cidade de Jales (SP). A demora aumentou muito nesta semana, de acordo com os moradores.

Segundo os pacientes, a demora é maior no fim da tarde e começo da noite, chegando a cinco horas. A fotógrafa Letícia Santos estava com dores no corpo e foi até a unidade. Ela diz que está desde o começo da semana tentando ser atendida.

“Terça-feira viemos na Upa às 20h e saímos a 1h da manhã, não conseguimos fazer exames, os exames terminam às 23h. Na quarta-feira ficamos das 14h até as 19h, muita demora, toma medicação e vem embora sem fazer exames, na quinta-feira chegamos às 21h e saímos meia noite, quando o médico atendeu e fez exame básicos, exame de sangue e específicos não fizeram”, afirma a fotógrafa.

A dona de casa Samira de Souza Castilho também reclama na demora para atendimento. “Tem vez que vem e só tem um médico e fica até de madrugada é uma pouca vergonha”, afirma.

Segundo o diretor administrativo da Upa, José Roberto Petrobom, a intenção é contratar um terceiro médico para atendimento.

“A partir das 23h o profissional fica no plantão a distância se surgir algo que o médico diz que precisa de exame de raio x ou laboratorial, ele liga e o profissional tem 20 minutos para aparecer na Upa e fazer o exame. O problema é contratar o terceiro médico que estamos precisando. Então vamos fazer um edital, para a contratação do terceiro médico”, afirma.

Com informações: g1.globo.com

últimas