TECNOLOGIA

Equipe de Desenvolvimento e Pesquisa de drones da Etec se reúne com Grupo Arakaki

Equipe de Desenvolvimento e Pesquisa de drones da Etec se reúne com Grupo Arakaki

O projeto estimula a educação 4.0, onde os próprios alunos resolvem as situações problemas.

O projeto estimula a educação 4.0, onde os próprios alunos resolvem as situações problemas.

Publicada há 2 meses

Os alunos compartilharam seus avanços científicos a partir da experiência na competição Fórmula Drone


]Assessoria de Imprensa Etec 

A equipe de Desenvolvimento e Pesquisa de Drones da Escola Etec Fernandópolis - CROWS se reuniu, recentemente, com o empresário Luis Arakaki e o engenheiro ambiental Douglas de Morais, para a apresentação de proposta de parceria com o Grupo Arakaki.

            Os alunos compartilharam seus avanços científicos a partir da experiência na competição Fórmula Drone, realizada pela SAE Brasil em Itajubá. Por meio da operação do drone em missões específicas do torneio, entre elas: tele entrega; alijamento de objeto; passagem por obstáculos e medição de área, conquistaram a 8ª colocação no ranking nacional, disputando igualmente com equipes cujo investimento era significativo e a pesquisa consolidada. 

            Partindo desse feito, a equipe CROWS começou a observar um novo emprego ao drone, além da competição, analisando a principal atividade produtiva da nossa região, a agroindústria. Procurando aperfeiçoar o aeromodelo para a agricultura, a equipe tem como objetivo solucionar os possíveis problemas da área. Para colaborar com essa linha de pesquisa, procuraram parceria com o Grupo Arakaki, empresa referência no setor agroindustrial e que procura a inserção na indústria 4.0 mediante a aplicação de novas tecnologias, como o drone no processo produtivo autônomo. 

            O projeto estimula a educação 4.0, onde os próprios alunos resolvem as situações problemas do cotidiano, tornando-se profissionais capacitados para o mercado de trabalho, isso auxilia a instituição escolar na construção de um polo de pesquisa, ou seja, a escola como extensão da indústria. 

            Nesse sentido, a equipe CROWS tem o objetivo de não focar somente em competições, mas sobrevoar além dos limites determinados com competência em primeiro plano.


últimas