EM ESCOLA

Pai protocola pedido na Prefeitura para que filho não participe do ‘Pai Nosso’

Pai protocola pedido na Prefeitura para que filho não participe do ‘Pai Nosso’

Em comunicado, prefeito salienta que irá manter oração nas escolas e creches de Fernandópolis

Em comunicado, prefeito salienta que irá manter oração nas escolas e creches de Fernandópolis

Publicada há 4 semanas

Por Breno Guarnieri

Na tarde de ontem, dia 23, a Prefeitura negou, por meio da Secretaria Municipal de Comunicação, que os professores foram proibidos de fazer orações com as crianças, como de costume, nas dependências das escolas e creches de Fernandópolis. 

De acordo com a Prefeitura, o que houve foi uma orientação da Procuradoria Jurídica do município que acabou se espalhando entre os diretores por meio de grupos de WhatsApp, sendo que alguns entenderam que o melhor seria suspender. 

A Prefeitura ainda informou que a orientação teria sido tomada a partir da reclamação oficial de um pai, que não queria que o filho participasse dos momentos de oração na escola. 

Em uma rede social, o prefeito André Pessuto postou um comunicado, no qual salienta que não foi proibida a oração nas escolas municipais. “Acredito muito na força da Fé e creio que ela é importante para todos. A ligação com Deus é essencial em nossas vidas”, destacou.              

últimas