REGIÃO

Júri condena catador a dois e seis meses de prisão

Júri condena catador a dois e seis meses de prisão

O crime aconteceu em 2015, no Distrito Industrial, em Rio Preto

O crime aconteceu em 2015, no Distrito Industrial, em Rio Preto

Publicada há 1 semana

Da Redação 

O Tribunal de Júri condenou nesta quinta-feira, 9, o catador de recicláveis Josimar Leite de Souza, 36 anos, a dois anos e seis meses de prisão pelo crime de tentativa de homicídio. O caso é de 2015, quando o Souza foi preso depois de atingir a cabeça do vizinho com um facão. 

No dia do crime, a vítima, um rapaz, de 35 anos, sofreu um corte na cabeça e foi internado em estado grave, na Santa Casa. O facão usado no crime foi apreendido pela investigação. Segundo a Polícia Civil na época, o crime foi motivado por uma briga entre eles. 

Souza estava preso antes do julgamento e pela decisão do conselho de sentença cumpre pena em regime inicial fechado. Apesar da sentença, a juíza que presidiu o júri, Glaúcia Vespoli Oliveira, concedeu o direito do catador recorrer da decisão em liberdade. A sentença cabe recurso tanto para a defesa e também para o Ministério Público. 

últimas