APÓS ESTREIA

Lutador, treinado por equipe fernandopolense, avisa: "Quero ser o novo showman do UFC"

Lutador, treinado por equipe fernandopolense, avisa: "Quero ser o novo showman do UFC"

Michel diz que já fez lutas melhores que sua vitória impressionante sobre Danny Roberts no UFC Rochester do último sábado

Michel diz que já fez lutas melhores que sua vitória impressionante sobre Danny Roberts no UFC Rochester do último sábado

Publicada há 4 semanas

Michel Pereira após vitória no UFC


Da Redação 

Foi a estreia dos sonhos de qualquer lutador no UFC: atuação dominante, nocaute espetacular e bônus de "Performance da Noite" no valor de US$ 50 mil (cerca de R$ 204 mil). Mas foi pouco para Michel Pereira. O "Paraense Voador", que fez sua primeira luta na organização no UFC Rochester do último domingo e nocauteou o veterano inglês Danny Roberts no primeiro round, mandou um aviso para seus próximos adversários.

“Já tive lutas melhores que esta. Eu lutei muito pouco lá dentro. Eu não mostrei nem metade do que sei. Ainda tenho muitos golpes fantásticos para mostrar aos fãs do UFC. Quero lutar com os melhores. Eu não escolho adversários. Quero ser o novo showman do UFC. Este é quem eu sou”, declarou o "Demolidor" em entrevista à imprensa americana, segundo o site "Sherdog".

O peso-meio-médio paraense, no entanto, admitiu que foi tomado por emoção em sua entrada no octógono. Foi possível notar as lágrimas escorrendo dos olhos de Pereira, que agradecia aos céus a realização de um sonho de longa data. 

“Eu sempre sonhei com este momento. Eu lutei muito por este momento. Hoje, se tornou realidade. Meu maior sonho sempre foi lutar no UFC. Estava muito emocionado e feliz de estar ali. Sonhei com isso todos os dias”, revelou.

Michel Pereira, 25, agora conta 23 vitórias no cartel de MMA, sendo três consecutivas, além de nove derrotas e dois "No Contest" (luta sem resultado). Natural de Tucumã (PA), o “Demolidor” fez boa parte de sua preparação para luta do UFC em Fernandópolis, onde possui amigos e parceiros de MMA. 

últimas