HISTÓRICO

Caminhão usado em 11 de setembro em Nova York chega ao Paraná

Caminhão usado em 11 de setembro em Nova York chega ao Paraná

Fire truck foi comprado por um colecionador

Fire truck foi comprado por um colecionador

Publicada há 3 meses


                                    Caminhão usado nos resgates das vítimas de 11 de setembro, em Nova York, foi importado por colecionador. Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná 


Uma carga especial chegou ao porto de Paranaguá: um caminhão do Corpo de Bombeiros dos Estados Unidos que foi usado nas operações de resgate no 11 de Setembro, quando as Torres Gêmeas do World Trade Center caíram após ataques terroristas em 2001. O caminhão branco de modelo Ladder 11, ano 1984, é um fire truck com escada de alto alcance comum no país estadunidense e foi comprado por um colecionador do interior de São Paulo.

A identificação na lataria do caminhão se refere ao Chicago Fire Departament (CFD), mas há uma placa na porta do veículo que indica seus trabalhos nas operações de resgate dos feridos no atentado.

O caminhão partiu do Porto de Nova York e chegou a Paranaguá no dia 22 de fevereiro. Desde então, aguardava a documentação do Detran e da Receita Federal para que pudesse ser retirado do pátio no porto. Na tarde de terça-feira (21), já com os documentos necessários, o novo proprietário retirou o veículo.


                                      Decalque mostra a participação do veículo nos atentados terroristas em Nova York. Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná 


MOVEIMENTO CONTRÁRIO

Mas não são somente os brasileiros que gostam de produtos importados. Na sexta-feira (25), seis Kombis antigas vão sair do país e serão exportadas para os Estados Unidos — e algumas delas também serão enviados para colecionadores. Três delas são de 1974, duas de 1975 e uma de 1993. Elas serão encaminhadas para quatro portos no país: Galveston, no Texas, Tacoma, em Washington, Belmont, na Califórnia, e Savannah, na Geórgia.

                                          Kombis serão levadas daqui para os Estados Unidos. Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná


*Fonte: www.tribunapr.com.br

últimas