3ª EDIÇÃO

Encontro Regional de Paramotor será neste final de semana

Encontro Regional de Paramotor será neste final de semana

O encontro será marcado por apresentações de pilotos consagrados.

O encontro será marcado por apresentações de pilotos consagrados.

Publicada há 3 meses


Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Mira Estrela

Pelo 3º ano consecutivo Mira Estrela sediará neste final de semana o Encontro Regional de Paramotor.  O evento acontecerá na Prainha do município, no sábado, 13, a partir das 15h e no domingo às 8h.

O encontro será marcado por apresentações de pilotos consagrados, jogos aéreos, voos livres, cross e outras atividades que se tornam uma atração ao público presente. A Prainha de Mira Estrela é consagrada um dos pontos turísticos mais propícios para realização da prática esportivapela beleza, amplo espaço para decolagem/aterrisagem e apoio do poder público. A Prefeitura apoia a realização do evento.

O piloto e um dos organizadores do encontro, Rafael Bimbato, ressaltou o apoio da administração municipal. “É um evento muito bonito, familiar e organizado, mas que não seria possível sem o apoio do município. São dezenas de profissionais, e na maioria com suas famílias, que vão circular pelo comércio da cidade nestes dois dias. A recepção é sempre muito calorosa em Mira Estrela, por isso, estamos em nossa terceira edição na cidade”, finalizou Bimbato.

Através do Projeto Esportivo PELME, CMDCA e do Fundo Social de Solidariedade o município levará as crianças e idosos da cidade para apreciarem os voos dos profissionais.

O prefeito Marcio Castrequini consagrou o evento como tradição da cidade. “Agradecemos todos os organizadores por escolher Mira Estrela para realização do encontro, vamos a partir deste ano, coloca-lo em nosso calendário anual de eventos. Convidamos toda a população para prestigiar neste fim de semana. É uma boa oportunidade para quem praticar essas modalidades, mas também para as famílias que desejarem ter uma tarde diferente, na Prainha da nossa cidade”, ressaltou Marcio.

PARAMOTOR

Segundo a Associação Brasileira que representa a categoria, o Paramotor é um equipamento de voo com motorização auxiliar, composto por uma asa denominada Parapente, que não contém elementos rígidos em sua estrutura e cujo comando se realiza através de controle aerodinâmico. 

Pode transportar um ou dois tripulantes, não necessita de instalações aeronáuticas para a sua decolagem e para a sua aterrissagem, pois pode ser utilizado o esforço físico das pernas como trem principal (Decolagem a Pé), abreviado por DAP, ou a ajuda de um dispositivo mecânico que a substitua (Decolagem Mecânica), abreviado por DMC e chamado de Paratrike. 

Sua velocidade estará compreendida entre 32 km/h de mínima e 60 km/h de máxima, com vento zero e ao nível do mar, e sua corrida para decolagem estará abaixo de 60 metros, necessitando, tanto para o DAP como para o DMC do esforço físico dos braços do piloto para inflar o parapente e subi-lo na posição de voo. 

A palavra Paramotor nasceu da simplificação da frase “Parapente com Motor” e está composta pela união entrelaçada da primeira e últimas sílabas dos elementos fundamentais para a prática deste esporte: o Parapente e o Motor Propulsor Auxiliar.


últimas