R$ 17,3 milhões

Governo do Estado destina recursos para Defesa Civil de 46 municípios

Governo do Estado destina recursos para Defesa Civil de 46 municípios

Obras prioritárias contra enchentes foram contempladas

Obras prioritárias contra enchentes foram contempladas

Publicada há 2 meses


O governo do Estado de São Paulo realizou nesta quinta-feira, 11, convênio com 46 municípios paulistas para obras preventivas e recuperativas contra enchentes.

No total, R$ 17,3 milhões foram destinados para a construção de pontes, travessias, galerias de águas pluviais e muros de contenção para prevenir os danos causados pelas chuvas.

Carlão Pignatari que é líder do governo João Doria na Assembleia Legislativa registrou que o valor destinado para a Defesa Civil dos municípios é um recorde comparado com os últimos 3 anos que foram destinados para a área e entende que "essa é a hora de fazer investimentos para prevenir os danos causados em épocas que há mais chuvas como no verão e que causam reflexo na vida de muitas pessoas".

O deputado registrou ainda a característica de apoiar os municípios que o governo do Estado vem adotando e que nos primeiros seis meses da gestão já é possível destacar importantes realizações.

Rodrigo Garcia, governador em exercício, falou sobre a o os investimentos liberados e ainda do apoio que a gestão estadual vem recebendo da Assembleia Legislativa por meio de discussões, aprovações e aperfeiçoamentos de Projetos de Leis que permitem a administração ter uma nova dinâmica de realização.

Os municípios contemplados com o convênio foram: Apiaí (R$ 242,7 mil), Álvares Machado (R$ 524,5 mil), Anhumas (R$ 709,1 mil), Araçatuba (R$ 322,2 mil), Avaí (R$ 371,6 mil), Bady Bassitt (R$ 430,9 mil), Barra do Chapéu (R$ 545,7 mil), Bilac (R$ 355,9 mil), Caiabu (R$ 688,1 mil), Caiuá (R$ 849,6 mil), Campos do Jordão (R$ 260,5 mil), Dolcinópolis (R$ 246,8 mil), Eldorado (R$ 299,7 mil), Floreal (R$ 210,7 mil), Gália (R$ 192 mil), Gastão Vidigal (R$ 30,2 mil), Glicério (R$ 93,1 mil), Iracemápolis (R$ 312,3 mil), Ibiúna (R$ 273,9 mil), Itápolis (R$ 450 mil), Itararé (R$ 420,4 mil), Jacupiranga (R$ 594,9 mil), Lavrinhas (R$ 296,3 mil), Macaubal (R$ 423,6 mil), Macedônia (R$ 199,6 mil), Mairinque (R$ 454,8 mil), Marabá Paulista (R$ 454,4 mil), Marinópolis (R$ 245,5 mil), Murutinga do Sul (R$ 228,7 mil), Natividade da Serra (R$ 252,4 mil), Nova Castilho (R$ 279,5 mil), Paraibuna (R$ 559,4 mil), Paranapuã (R$ 241,1 mil), Paulicéia (R$ 544,9 mil), Piacatu (R$ 595,9 mil), Piracaia (R$ 492,6 mil), Pompeia (R$ 223,6 mil), Presidente Bernardes (R$ 732,5 mil), Presidente Venceslau (R$ 615,9 mil), Quintana (R$ 456,7 mil), Salesópolis (R$ 154,2 mil), São José da Bela Vista (R$ 389,3 mil), Santa Cruz da Esperança (R$ 195,2 mil), Serra Azul (R$ 26,1 mil), Silveiras (R$ 201,5 mil) e Valparaíso (R$ 624,3 mil).

Campanha

últimas