CRIMINOSOS

Policiais de Jales prendem assaltantes do MS em fuga pela região

Policiais de Jales prendem assaltantes do MS em fuga pela região

Dois veículos utilizados pela quadrilha para execução do crime também foram apreendidos.

Dois veículos utilizados pela quadrilha para execução do crime também foram apreendidos.

Publicada há 1 semana


No início da noite de sábado, 07 de agosto, por volta das 18h40, policiais militares rodoviários e policiais militares da cidade de Jales abordaram um veículo VW/Virtus do Município de Eldorado/MS na rodovia Euclides da Cunha (SP-320) em frente à Base da Polícia Rodoviária de Jales.

No veículo, que era um táxi, estavam o taxista e mais os passageiros A.L.L., M.S.L. e F.J.S., ambos naturais do Estado do Ceará. Foram encontrados R$5.000,00 com o taxista.

Com os passageiros foram encontrados R$3.280,00 em dinheiro, 9 folhas de cheques do Banco Sicoob assinadas e preenchidas no valor de R$20.000,00 cada, 3 folhas de cheques do Banco Credicoamo assinadas e preenchidas no valor de R$ 30.000,00 cada, $214,00 (dólares) e uma bolsa com R$111,75 em moedas, 01 relógio da marca Tag Heuer Carrera, 01 relógio da marca Michael Kors, 01 par de brincos com brilhantes, 01 aliança de ouro, 03 celulares da marca Sansung, 01 chip SIM Card, 01 celular da marca Alcatel e 01 cartão do Banco Caixa em nome de terceiro.

Os passageiros confessaram que haviam praticado um roubo em uma fazenda no município de Juti (MS) e em uma residência no município de Navirai (MS). Os três criminosos foram presos em flagrante pelo crime de roubo. Outros integrantes da quadrilha também foram presos no Estado do Mato Grosso do Sul. O taxista foi liberado.

O CASO

A Polícia Civil, prendeu ontem, 08, sete autores de um roubo a uma propriedade rural, no município de Naviraí, e recuperou quase meio milhão em produtos levados pelos criminosos. O produtor rural e seu funcionário foi rendido e levado até a residência da família, e foi mantido refém junto com sua esposa e filhos. Os suspeitos foram presos após a família conseguir se soltar e comunicar os investigadores sobre o crime.

Consta no boletim de ocorrência que no dia 07 de setembro de 2019, por volta das 04h30, em uma propriedade rural situada às margens da BR-163, três indivíduos encapuzados, com emprego de um revólver, surpreenderam o proprietário rural e seu funcionário levando-os até a residência da família. No local, renderam também sua esposa e filhos.

O proprietário rural ainda entrou em luta corporal com os agressores, sendo atingido na cabeça com duas coronhadas, e em seguida teria sido amarrado.

Após toda a família ser rendida, os autores levaram joias e dinheiro da residência e ainda obrigaram a vítima a preencher diversos cheques. Também subtraíram uma caminhonete SW4, ano 2017, com a qual empreenderam fuga. As vítimas libertaram-se e comunicaram a polícia.

Após o fato ter chegado ao conhecimento da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, por meio do Setor de Investigações Gerais (Sig), diligências foram realizadas, que culminaram na prisão de dois moradores de Naviraí, um de Eldorado e outro de Itaquiraí, com o apoio das unidades da Polícia Civil destas cidades.

Os quatro indivíduos foram indiciados como participes do crime. Ficou evidenciado que dois tiveram a função de cuidar da polícia enquanto outros dois de realizarem o levantamento material e de rotina da vítima.

Durante as investigações, os policiais descobriram que os outros autores do crime, que renderam a vítimas, eram do Estado do Ceará e para aquele estado estariam retornando em um táxi contratado após o crime.

Com auxílio do Núcleo Regional de Inteligência da Polícia Civil de Naviraí e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Naviraí e Polícia Militar do Estado de São Paulo, os autores foram encontrados no Município de Jales, Estado de São Paulo, na Rodovia SP-320, KM 586, onde foram abordados e presos, com certa quantia em dinheiro provenientes do roubo.

A caminhonete também foi localizada pelo Sig de Naviraí, assim como as joias, que estavam na cidade de Eldorado e foram localizadas em posse de um dos suspeitos, quando da sua prisão pela Polícia Civil daquele município.

Dois veículos utilizados pela quadrilha para execução do crime também foram apreendidos.

Fonte: https://www.votunews.com.br

últimas