SAÚDE

Sobe o número de casos de sarampo no município

Sobe o número de casos de sarampo no município

Em agosto, foram confirmados três óbitos decorrentes da doença.

Em agosto, foram confirmados três óbitos decorrentes da doença.

Publicada há 1 mês

Da Redação 

A Secretaria Estadual da Saúde atualizou, durante a semana, o balanço do sarampo no Estado de São Paulo. A cidade de Fernandópolis subiu para 51 casos confirmados desde que o surto começou em junho. Na região noroeste já são 97 casos nas cidades de Rio Preto, Catanduva, Fernandópolis, Guapiaçu, Jales, José Bonifácio, Macedônia, Meridiano, Mirassol, Olímpia, Tabapuã e Votuporanga. 

Segundo apurou a reportagem, o Centro de Vigilância Epidemiológica Estadual realiza monitoramento contínuo da circulação do vírus e confirmou no Estado 3.591 casos. Em agosto, foram confirmados três óbitos decorrentes da doença.

Vacina 

O Estado de São Paulo segue vacinando contra sarampo bebês com idade entre 6 meses a menores de 12 meses, conforme recomendado pelo Ministério da Saúde. A faixa etária é considerada mais vulnerável a casos graves e óbitos, e representa cerca de 13% do total de casos registrados em São Paulo. 

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba. A aplicação da chamada dose zero visa proteger as crianças e não será contabilizada no calendário nacional de vacinação da criança, ou seja, os pais ou responsáveis também deverão levar as crianças aos postos para receber a tríplice viral aos 12 meses e também aos 15 meses para aplicação do reforço com a tetraviral, que protege também contra varicela.

últimas