CELEBRIDADES

Cantor Roberto Leal morre aos 67 anos

Cantor Roberto Leal morre aos 67 anos

Falecimento é decorrência de câncer de pele

Falecimento é decorrência de câncer de pele

Publicada há 1 mês

Morre aos 67 anos o cantor português Roberto Leal. O falecimento foi confirmado pelo empresário do artista, José de Sá.

Roberto Leal faleceu na  madrugada deste domingo, 15, no Hospital Samaritano, em São Paulo, por causa de um câncer de pele. 

O velório será realizado amanhã, a partir das 6:00 horas, na Casa de Portugal. Já o enterro está marcado para as 14:00 horas no Cemitério de Congonhas, também em São Paulo.

As duas cerimônias serão abertas ao público.

CURRÍCULO 

Roberto Leal era considerado um dos embaixadores da música e da cultura portuguesa no Brasil, onde vivia atualmente. Roberto Leal é  o nome artístico de António Joaquim Fernandes. O cantor luso-brasileiro ficou conhecido por temas como "Arrebita", "Bater o Pé" e "Carimbó Português",  dentre outros.

O cantor nasceu em Vale da Porca, concelho de Macedo de Cavaleiros, a 27 de novembro de 1951. Aos onze anos emigrou para o Brasil, juntamente com os pais e nove irmãos. Foi em São Paulo, após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, que iniciou a carreira de cantor, primeiro de de fados e depois de músicas românticas.

Foi em 1971 e com o tema "Arrebita", conhecido pelo seu refrão "Ai cachopa, se tu queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita", que ganhou popularidade.

Quase todo o seu repertório, que vai buscar influência aos ritmos lusitanos e brasileiros, é composto de canções de sua autoria em parceria com a esposa Márcia Lúcia.

A sua discografia conta com quase meia centena de títulos, o último "Arrebenta a Festa", foi editado em 2016.

Fora dos palcos, em 1978, participou no filme brasileiro "Milagre - O Poder da Fé" e, em 2011, na série portuguesa "Último a Sair". Em 2018 candidatou-se a deputado estadual em São Paulo pelo Partido Trabalhista Brasileiro, não tido sido eleito.

Em 2011 publicou a sua autobiografia "Minhas Montanhas", obra lançada no Brasil e em Portugal.

últimas