UFC

Site afirma que Michel ‘Demolidor’ perdeu por tentar humilhar o rival canadense

Site afirma que Michel ‘Demolidor’ perdeu por tentar humilhar o rival canadense

Pereira enfrentou Tristan Connelly em duelo válido pela categoria dos pesos meio-médios.

Pereira enfrentou Tristan Connelly em duelo válido pela categoria dos pesos meio-médios.

Publicada há 1 mês

Lutador faz acrobacia contra o canadense no UFC Vancouver

Da Redação

Ao menos dois sites nacionais (desconcertante.com e noticiasaominuto.com) replicaram material que circulou em meios digitais especializados em UFC afirmando que o lutador brasileiro Michel ‘Demolidor’ Pereira, radicado em Fernandópolis, tentou humilhar o seu rival, o canadense Tristan Connelly e, por isso, acabou perdendo o combate.

Segundo o site Desporto ao Minuto, Michel “Demolidor” Pereira é um lutador que não abdica de uma oportunidade para realizar uma acrobacia. Porém, este fim de semana exagerou. No combate frente a Tristan Connelly, para o UFC Vancouver, o brasileiro fez 'backflips', aplicou joelhadas e socos voadores, e toda uma panóplia de golpes que talvez fossem desnecessários. No final correu-lhe mal porque o júri decidiu dar a vitória, por unanimidade, a Connely (29-28, 29-27 e 29-27). “Uma decisão surpreendente, basta analisar as expressões dos dois lutadores”, afirmou a reportagem.

A LUTA

O "fernandopolense" Michel “Demolidor” acabou sendo superado pelo canadense na decisão dos árbitros laterais proferida na noite do último sábado, 14, no card principal do UFC Vancouver (UFC Fight Night 158) realizado na Rogers Arena em Vancouver, Columbia Britânica, no Canadá. Ele enfrentou o canadense Tristan Connelly em duelo que foi válido pela categoria dos pesos meio-médios do Ultimate.

No primeiro round, Michel “Demolidor” foi bem, deu suas famosas piruetas, voou como sempre, e conectou bons golpes no canadense. No segundo round, o brasileiro mostrou muito cansaço, mas mesmo assim, conseguiu uma boa queda e terminou o round por cima de Connelly. No terceiro e derradeiro round, Connelly começou conectando bons socos e tentou a queda, que foi bem defendida por Demolidor, e quando o brasileiro tentou devolver a queda, o canadense estreante quase finalizou o brazuca com uma guilhotina, mal sucedida.

Ao final dos três rounds, vitória de Tristan Connelly na decisão unânime dos árbitros laterais.

Print Screen de página do site citando a tentativa de humilhação

últimas