'CAVALO DE AÇO'

Operação multa caminhões irregulares na BR-153

Operação multa caminhões irregulares na BR-153

Durante a operação foram 21 autos de infrações, desses seis veículos foram autuados por trafegar irregularmente com dimensões excedentes

Durante a operação foram 21 autos de infrações, desses seis veículos foram autuados por trafegar irregularmente com dimensões excedentes

Publicada há 3 semanas

Operação foi realizada na madrugada desta quarta-feira, 16, na BR-153, em Rio Preto 


Da redação

Na madrugada desta quarta-feira, 16, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a Operação Cavalo de Aço, na BR-153, que tem como objetivo coibir o trânsito de veículos de transporte de cana-de-açúcar após o horário permitido sem autorização. Durante a operação foram 21 autos de infrações, desses seis veículos foram autuados por trafegar irregularmente com dimensões excedentes.

Segundo a polícia, a operação foi feita para fiscalizar veículos que apresentavam dimensões e peso acima do permitido pela regulamentação. Os caminhões de transporte de cana devem portar uma autorização especial emitida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que autoriza o trânsito destes veículos em rodovias federais do amanhecer ao pôr do sol.

Na terceira etapa da Operação Cavalo de Aço, foram flagrados seis veículos trafegando irregularmente. Eles foram autuados por transitarem sem autorização expedida para veículos com dimensões excedentes (com peso ou comprimento acima do permitido), que prevê multa de R$ 195,23 e cinco pontos no prontuário do proprietário do veículo.

Ainda segundo os policiais rodoviários, além desta autuação foram vistoriados os equipamentos obrigatórios e a sinalização de todos os conjuntos abordados, que resultou na lavratura de 21 autos de infração durante toda operação.

Por conta do peso da carga, esses veículos transitam em velocidade reduzida, e além de possuírem comprimento que pode chegar a 30 metros de extensão. A presença destes veículos durante a noite em rodovias federais aumenta o risco de envolvimento em graves acidentes de trânsito, principalmente envolvendo veículos de passeio.

Os veículos autuados foram conduzidos a local seguro, onde vão ficar retidos.

O nome da operação Cavalo de Aço é em alusão a expressão popular "cavalo mecânico", utilizada pelos caminhoneiros para se referirem ao caminhão que traciona as carretas de transporte de carga.

Fonte: Diário da Região

últimas