POLÍTICA

Universidade Brasil tem 1.370 alunos de Medicina a mais que autorizado

Universidade Brasil tem 1.370 alunos de Medicina a mais que autorizado

Faculdade já sofre restrições do MEC e 32 foram denunciados na Justiça Federal

Faculdade já sofre restrições do MEC e 32 foram denunciados na Justiça Federal

Publicada há 1 mês

MPF: Universidade Brasil tem 1.370 alunos de Medicina a mais que autorizado

A coisa ainda vai ficar feia, muito provavelmente a partir de meados do próximo ano, quando o Ministério da Educação-MEC começar a cortar, mediante ação do Ministério Público Federal, o excedente de matriculados no campi local da Universidade Brasil. Infelizmente para a cidade de Fernandópolis (e até a região) e, sobretudo para empreendedores que dependem, direta ou reflexivamente do impulso econômico propiciado por esses universitários, o pior do cenários, por aqui quantificado inicialmente em torno de 1,3 mil estudantes, foi confirmado. Na realidade são cerca de 1.370 acadêmicos a mais que o limite autorizado pelo MEC, pois a instituição tem concessão para abrir até 205 vagas anuais para o curso de Medicina, o que, obviamente, nos seis anos de graduação, perfaz 1.230 alunos. Porém, o número real é de aproximadamente 2.600, mais que o dobro autorizado e que se constituiu em vultosa fonte de faturamento ilícito do grupo educacional, segundo o Ministério Público Federal-MPF.

Faculdade já sofre restrições do MEC e 32 foram denunciados na Justiça Federal

E o MEC, previsivelmente, já interviu na operacionalidade do campi local. Desde quarta, 16, a universidade está proibida de permitir ingresso de novos estudantes no curso de Medicina, seja por meio de vestibular, transferência ou outra forma de processo seletivo. Ainda a restrição às transferências, sejam internas ou externas e - o pior - suspendeu novos contratos de FIES, de Prouni e do Pronatec. E se não bastassem as imposições do ministério (muitos esperavam medidas até mais ásperas, como a intervenção na reitoria), o MPF apresentou, na mesma data, denúncia criminal envolvendo 32 acusados de integrar o esquema fraudulento (lembrando que inicialmente envolvia “só” 22 acusados). Contra eles pesam acusações de falsidade ideológica, estelionato contra a União, fraude processual, tentativa de obstrução, organização criminosa e venda de vagas na Universidade Brasil.  


Alvo de reitor era curso em Rio PretoCom o passar dos dias, novas informações a respeito do modus operandi da reitoria e diretoria da Universidade Brasil vai se desvendando. José Fernando da Costa Pinto (foto) já tinha tudo organizado para instalar um “campi” em Rio Preto, inclusive com imóvel alugado. O curso inicial seria Direito e começaria a receber acadêmicos já na virada de 2020. Os locadores já foram informados que o plano está, por hora, suspenso.


Universidade Brasil e a Lei de MurphyOs irmãos Macetão, cursando Medicina e formados em Fisioterapia não foram dispensados de disciplinas comuns. Foto: Blog do Cardosinho

E o epigrama da cultura ocidental está provando ser mais que um conceito abstrato. Ao menos na faculdade local. Já se tem conhecimento de mais de uma dezena de ações impetradas contra a universidade, fundadas nas fraudes apuradas pela Operação Vagatomia. Para piorar, os irmãos Macetão de Jales (o vereador Luiz e o ex-vereador André) confirmaram que processam a faculdade exigindo a devolução de R$ 80 mil. Motivo: cobrança indevida de mensalidade.


Prefeitos sorrindo à toa. Leilão do pré-sal injetará (muitos) milhões nos municípios da regiãoOs gestores municipais da região podem encomendar caixas e mais caixas de rojões e prepararem-se para soltá-los. O motivo é a subscrição, por parte do presidente Bolsonaro, do projeto de lei que divide os recursos do megaleilão do pré-sal, na última quinta, 17 que prevê aporte de recursos extras até a ordem de R$ 7,2 milhões (Rio Preto) para as Prefeituras da região. Os valores serão proporcionais às respectivas cotas de cada qual no Fundo de Participação dos Municípios-FPM, assim, Fernandópolis, por exemplo, terá R$ 3,5 milhões a mais; Votuporanga R$ 4,4 milhões; Jales R$ 2,9 milhões; Valentim Gentil R$ 1,1 milhão e os demais municípios da região R$ 883 mil (confira a tabela completa nesta edição). E o melhor ainda está por vir! Prestes a ingressar num ano eleitoral, a grana extra chega ainda em 2019, pois o leilão está marcado para o próximo dia 06.


Fraude na eleição de Conselhos

A informação já circulava desde o dia posterior à votação e o Conselho Especial Eleitoral do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente confirmou a “cassação” da candidatura do eleito Giuliano Ricardo Martins. Em seu lugar entrou Agenor Silva enquanto Alan Mateus se tornou primeiro suplente. E não foi só em Fernandópolis. Em Votuporanga, denúncias similares estão sendo analisadas administrativa e judicialmente. Aguardemos.


Empregos: Brasil positivo, Fernandópolis negativo, no mês; no ano, um recordeMembros do Executivo, do Legislativo e empresários no anúncio da instalação da “Delícias do Porco” em Setembro. Foto: Assessoria Imprensa PM Fernandópolis

O Brasil criou 157.213 vagas de empregos formais em Setembro deste ano, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados-Caged. O resultado é o melhor desde 2013 para o mês e a primeira vez no ano em que as 27 unidades federativas registram índices positivos simultaneamente. Por aqui, os números oficiais mostram Fernandópolis, pelo sétimo mês consecutivo, no vermelho com saldo de -78 vagas (483 admissões contra 561 demissões). No comparativo regional, vê-se que Votuporanga desta vez se deu bem e fechou setembro com saldo positivo de 126 novos postos de trabalho; Jales também ficou no negativo (-66), assim como Santa Fé do Sul (-21). Se os números sazonais ainda trazem preocupações para os fernandopolenses, quando prismado as estatísticas anuais a situação se inverte. No ano, o saldo é positivo em expressivas 826 admissões a mais que demissões. Votuporanga, por anos afora avaliada como líder regional no segmento de geração de empregos, registra índice negativo de 12 em 2019; Santa Fé do Sul de +96 e Jales de +266. Em toda a região, apenas Rio Preto, com saldo de +2.326 supera Fernandópolis. Mas fica a indagação: até quando os superávit de fevereiro e março (os dois únicos positivos até agora) garantirão o ano?



Confirmado! OSS irá comandar Hospital VellosoPrefeita, vice, vereadores, lideranças e membros da OSS Pirangi que passa a administrar a unidade hospitalar. Foto: Assessoria de Imprensa PM Ouroeste

A partir do dia 1º, a OSS Pirangi será a gestora do Hospital João Velloso. Ela foi escolhida em processo de chamamento popular, concorrendo com outras seis OSS´s e já está realizando processo seletivo para a contratação de diversos profissionais da área de saúde. Situada no município de mesmo nome, na região de Ribeirão Preto, a vencedora contará, dentre outras fontes de recursos, com repasses mensais de R$ 300 mil da Prefeitura de Ouroeste. O hospital é credenciado ao SUS.


Ex-deputado em estado grave na UTI do HBTempos difíceis para o ex-deputado estadual Edson Gomes. Prefeito afastado de Ilha Solteira, começou a passar mal no último dia 12, seu aniversário, e acabou sendo transferido para a UTI do Hospital de Base de Rio Preto. A suspeita é de quadro grave de pneumonia e septicemia. Uma das hipóteses é de que a infecção teve início com uma dengue adquirida em Pedro Gomes-MS, onde ele exerce a profissão de médico. Ele é irmão de Vadão Gomes.




Natal: decoração de R$ 197 mil promete rivalizar com Santa Fé do SulAo menos em termos de expectativa, a decoração natalina fernandopolense promete rivalizar, em qualidade, com a de Santa Fé do Sul neste ano. Uma empresa de Santa Catarina foi contratada pelo governo Pessuto para implantar a decoração. Árvores de Natal, bonecos, estruturas decorativas e iluminação estão no pacote que custará R$ 197 mil. A medida recebeu muitos elogios, sobretudo de comerciantes da área central, mas, também, tem opositores que elencam outras prioridades. Foto: Arquivo/Divulgação.



Sete empresas na disputa por R$ 5,8 milhões

E está para ser homologado o resultado do processo licitatório destinado à aquisição de 20 veículos pesados e outros maquinários pelo Prefeitura. O certame atraiu sete empresas, numa avaliação de gastos de R$ 5,8 milhões. Na quarta, 23, é a vez do Pregão Presencial destinado à compra de veículos leves, com estimativa de custos de R$ 1,7 milhão. Ambas as licitações integram o programa municipal de renovação da frota, com recursos provenientes de empréstimos bancários.


Brasil & mundo

Brasil registra recorde histórico de desigualdade entre ricos e pobres; 10% concentra 43% da renda

Uma tragédia nacional! 100 milhões de pessoas vivem com apenas R$ 413,00 mensais, enquanto que 1% tem rendimento médio de R$ 27,7 mil. Os dados são do IBGE e mostram o cenário de 2018, caracterizado pelo recorde da desigualdade de renda no Brasil. A mesma pesquisa ((Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua) ratifica que os 10% mais ricos concentram 43% do total da renda do país, enquanto que os 10% mais pobres ficam com apenas 0,8%. Pelos cálculos o rendimento médio mensal de todos os trabalhos (de pessoas de 14 anos ou mais) em 2018 ficou em R$ 2.234.


Já acabou o amor? Joice é destituída da liderançaA deputada federal Joice Hasselmann-PSL não é mais a líder do governo Bolsonaro no Congresso Nacional. Ela será substituída pelo senador Eduardo Gomes-MDB-GO. A destituição se deu por ela não apoiar a iniciativa de colocar o filho do presidente (Eduardo) como líder do partido na Câmara.


Delegado promete implodir BolsonaroO deputado federal Delegado Waldir-PSL, líder do partido na Câmara, promete “implodir” o presidente Bolsonaro. Ele afirmou ter uma gravação do presidente, ameaçando divulgá-la e afirmou: “Eu votei nessa p...., eu andei no sol 246 cidades, no sol gritando o nome desse vagabundo”. 


MEC libera verba total para EducaçãoO ministro da Educação Abraham Weintraub anunciou ontem, 18, a liberação de mais R$ 1,1 bilhão para universidades e institutos federais. Com esse ato, todo o valor “congelado” ou “contingenciado”, correspondente a 30% do orçamento da pasta para a Educação já foi liberado na íntegra. 


Frase da semana

"Para quê quero dez Ferraris, vinte relógios com diamante e dois aviões? O que faria isso pelo mundo? Eu passei fome, trabalhei no campo, joguei descalço e não fui ao colégio”.

Do atacante do Liverpool Sadio Mané e da Seleção de Senegal, afirmando que ao invés desses “luxos supérfluos”, prefere ajudar às pessoas, construir escolas e dar comida ou roupas aos pobres. Ele também doa dinheiro a diversas famílias e instituições senegalesas.



últimas