NOVAMENTE

Celulares voltam a adiantar em uma hora. Culpa do Horário de Verão

Celulares voltam a adiantar em uma hora. Culpa do Horário de Verão

Quem colocou celular para despertar, acordo mais cedo; problema já era previsto pelo Google

Quem colocou celular para despertar, acordo mais cedo; problema já era previsto pelo Google

Publicada há 2 semanas

Da Redação

Muitos usuários de smartphones acordaram mais cedo neste domingo, 03. 

O motivo é que os celulares que trabalham com o sistema Android adiantaram automaticamente uma hora na virada da noite e sábado. Além de smartphones, computadores e relógios públicos ou de ruas também registraram o mesmo problema.

O problema já era previsto. Em comunicado em blog, o Google explicou que "todas essas modificações impactam diretamente no Banco de Dados Global da IANA (em português, Autoridade para Atribuição de Números de Internet), que é utilizado por smartphones e dispositivos eletrônicos para garantir que você esteja sempre na hora certa, onde quer que esteja. Na prática, isso significa que alguns celulares possivelmente não tenham a informação necessária para evitar que o relógio dos aparelhos seja alterado automaticamente como se o horário de verão ainda estivesse valendo".

COMO CORRIGIR

São dois os procedimentos básicos, dependendo do tipo de aparelho.

- Em aparelhos Android: Toque em "configurar" > vá na opção "data e hora" > desmarque "data e hora automáticas" > configure o horário manualmente. 

- Em iPhones: Acesse a tela principal e toque em "ajustes" > vá em "geral" > desabilite a opção de configuração do relógio "automaticamente" > configure-a manualmente para o horário certo. 

 REPETIÇÃO

Em 20, de outubro, parte da população foi surpreendida pela atualização errônea do horário de verão em celulares e outros dispositivos. O horário foi atualizado automaticamente pelas operadoras de telefonia, já que o horário de verão começava tradicionalmente no terceiro final de semana de outubro. 

FIM DO HORÁRIO DE VERÃO

Instituído pela primeira vez em 1931, o horário de verão foi empregado pelo governo em alguns verões até 1985, quando virou permanente. O objetivo principal da medida é a economia de energia.

Em 2019, o horário de verão no Brasil voltou a ser revogado através de um decreto, em abril deste ano, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). A decisão seguiu estudos que mostraram que o horário de verão já não estava cumprindo seu objetivo devido a mudanças nos padrões de consumo de energia dos brasileiros.


últimas