ARAÇATUBA

Justiça absolve publicitário preso em operação contra pornografia infantil

Justiça absolve publicitário preso em operação contra pornografia infantil

Apesar de ter sido absolvido pelo crime de pornografia, o homem foi condenado a três anos e seis meses no regime aberto pelo crime de posse de munição

Apesar de ter sido absolvido pelo crime de pornografia, o homem foi condenado a três anos e seis meses no regime aberto pelo crime de posse de munição

Publicada há 2 semanas

Da Redação

A Justiça absolveu o publicitário, de 39 anos, que foi preso em uma operação da Polícia Civil contra a pornografia infantil, em Araçatuba. Ele ficou cerca de quatro meses em um presídio da região, mas conseguiu o direito de responder em liberdade.

A prisão do suspeito foi feita no dia 28 de março, durante a 4ª fase da Operação Luz na Infância, que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet em todo o país.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na casa do publicitário, policiais apreenderam pen drives, CPU de computador, um revólver do tipo airsoft, uma espingarda de pressão, munições de diversos calibres, inclusive de uso restrito das forças armadas, e um sapato de criança.

A absolvição do crime de pornografia infantil foi baseada no resultado da perícia realizada nos equipamentos apreendidos, que demonstraram que o publicitário não armazenava e compartilhava material pornográfico.

Apesar de ter sido absolvido pelo crime de pornografia, o homem foi condenado a três anos e seis meses no regime aberto pelo crime de posse de munição. O advogado dele informou que vai recorrer da decisão.

Fonte:G1

últimas