JANEIRO/OUTUBRO

Fernandópolis supera Jales, Rio Preto e Votuporanga na geração de empregos

Fernandópolis supera Jales, Rio Preto e Votuporanga na geração de empregos

Em 2019, Caged demonstrou situação positiva em relação à criação de empregos no município

Em 2019, Caged demonstrou situação positiva em relação à criação de empregos no município

Publicada há 6 dias

Da Redação 

Na região, Fernandópolis é a cidade que, percentualmente, registra o melhor índice na geração de empregos nos primeiros 10 meses de 2019, mesmo com saldo de outubro divulgado pelo Caged - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – recentemente, por meio da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, ser negativo. Foram 632 admissões e 655 demissões, com saldo negativo de -23 postos de trabalho. 

JANEIRO/OUTUBRO

Com significantes índices em fevereiro/março, Fernandópolis acumula no período janeiro/outubro a abertura de 797 postos de trabalho, resultado da diferença de 6.774 contratações e 5.977 demissões. Isso representa uma variação positiva na geração de empregos de 5,2%, o melhor índice da região, à frente de Catanduva (3,2%), Mirassol (2,9%), Jales (2,5%), Rio Preto (1,8%) e Votuporanga (0,06%). 

Segundo apurou a reportagem, o comércio local fez a diferença com mais contratações que demissões. Depois de saldo positivo de 74 empregos em agosto, dois em setembro, o comércio abriu 23 novos postos de trabalho em setembro. Foram 225 admissões e 202 demissões. 

A indústria criou 8 novos empregos. No acumulado do ano, o setor de construção civil liderou com a criação de 347 novas vagas seguido pela indústria com 277.

últimas