POLÍTICA

Índice de aprovação do governo Márcio Borges passa de 50% para 56%

Índice de aprovação do governo Márcio Borges passa de 50% para 56%

Reprovação da administração municipal é de 12%; índice de eleitores que declararam votar no atual prefeito era de 31% e agora é de 42%

Reprovação da administração municipal é de 12%; índice de eleitores que declararam votar no atual prefeito era de 31% e agora é de 42%

Publicada há 3 meses

Da Redação

O governo municipal mira-estrelense do prefeito Márcio Borges-MDB e do vice Antônio “Tunico” Inácio-MDB melhorou significativamente os índices de aprovação administrativa no comparativo entre pesquisas divulgadas em Abril e agora (dia 1º). Aprovam a administração municipal 56%, dos 228 eleitores entrevistados, que a qualificam como “ótima” ou “boa”. Por outro lado, outros 12% classificam-na com “ruim” ou “péssima” e mais 29% que avaliam como regular (confira gráfico acima).


COMPARATIVONo comparativo com pesquisa avaliativa do governo municipal publicada em Abril deste ano, temos que houve uma progressão positiva nos índices administrativos. Naquela oportunidade classificaram o governo como “ótimo” ou “bom” 50% (agora foram 56%); como “regular” 34% (agora são 29%) e como “ruim” ou “péssimo” 11% (agora são 12%). 


REELEIÇÃO E TRANSFERIBILIDADEComo está no exercício do primeiro mandato e, por consequência, pode disputar a reeleição no pleito de outubro do próximo ano, também indagamos os eleitores a esse respeito. Nesse quesito o índice dos que declararam que votariam em Borges numa eventual tentativa de recondução atingiu 42%. Em Abril esse índice foi de 31%. Por outro lado, 35% declararam que não escolheriam seu nome. Na pesquisa anterior era de 27%. 12% dos entrevistados declararam que “talvez” optassem por apoiar a tentativa reeleição de Márcio. Em Abril era 39%. Neste grupo certamente estão aqueles que ainda aguardam o desenrolar do governo atual para, após, tomarem suas decisões.

Outro quesito submetido à avaliação popular foi com o objetivo de auferir o índice de transferência de votos do atual prefeito, caso ele opte por escolher apoiar outro nome e desista da tentativa de reeleição. 17% dos eleitores afirmaram que votariam num nome indicado por Borges (antes era 27%); 49% cravaram que “não” e 19% disseram que “talvez”. Aqui se agrupam aqueles que esperam o nome escolhido para, posteriormente, decidirem.


LEGISLATIVOOs trabalhos desenvolvidos pelo Parlamento Municipal, presidido atualmente pelo vereador João Manoel Estrela Matiel, mostraram evolução positiva em praticamente todos os índices pesquisados e está situado dentre os melhores avaliados na região. Aprovam-no 38% dos respondentes. Na pesquisa divulgada em Abril esse índice foi de 27%. No intermédio, classificaram como “regular” 35% (anteriormente foi de 37%) e como “ruim” ou “péssimo”, reprovando os trabalhos dos vereadores, 26% (contra 30% da pesquisa anterior).


SETORES MUNICIPAIS

Outro tópico objeto da pesquisa foi a avaliação dos eleitores do município quanto a diversos setores/secretarias de Mira Estrela. 

O mais bem avaliado, disparado, é o “Educação” Ele recebeu notas nove ou dez de 47% dos mira-estrelenses. Dimensionando, o segundo colocado - a “Saúde” - foi o preferido por 43% dos entrevistados. Na sequência vem o “Transporte Escolar” com 31%. Por outro lado, estão no polo negativo, segundo a avaliação popular, “Obras”, detendo apenas 8% de notas máximas (nove ou dez). Após vem “Habitação” (com 14%) e “Estradas Rurais” com 19%. Confiram, nos gráficos abaixo, o desempenho avaliativo setorial atribuído pelos eleitores mira-estrelenses.

últimas