ENCONTRADO

Polícia encontra corpo de advogado desaparecido

Polícia encontra corpo de advogado desaparecido

O corpo de Ronaldo foi esquartejado e colocado em três sacos

O corpo de Ronaldo foi esquartejado e colocado em três sacos

Publicada há 1 ano

Casa onde o corpo foi encontrado

Da Redação

A Polícia Militar encontrou na noite desta terça-feira, 14, o corpo do advogado e músico Ronaldo César Capelari, 53 anos, no fundo de uma casa, na Rua Salvador Barreto, no bairro Água Branca, em Araçatuba.

O corpo de Ronaldo foi esquartejado e colocado em três sacos que foram localizados no banheiro da residência. A polícia chegou ao local após uma denúncia anônima que informou que a caminhonete do advogado teria sido vista naquela casa na noite anterior.

Segundo o tenente PM Rodrigo Souto, os policiais resolveram entrar na casa, que estava com o portão aberto e as luzes apagadas.

Uma jaqueta com manchas de sangue foi encontrada no quintal, o que chamou a atenção dos policiais, conforme contou o oficial. Ao vistoriarem a casa, os PMs acharam os três sacos com o corpo do advogado no banheiro. (Foto abaixo)


Uma mangueira de água estava conectada da torneira da cozinha até o banheiro. A polícia suspeita que a água estivesse sendo usada para ajudar no escoamento do sangue para o ralo do banheiro.

Ferramentas como uma serra e facas foram apreendidas no local e serão periciadas.

O RP10 apurou que a casa foi alugada em meados de novembro do ano passado por uma moça, ainda não encontrada. A polícia procura pela mulher, já identificada e cujo nome está sendo mantido em sigilo.

A polícia apurou que a caminhonete do advogado realmente esteve na casa entre a noite de segunda-feira e a madrugada de ontem. A avaria na lateral do veículo foi feita numa pequena garagem da casa, que também ficou com o muro danificado.

Casa teria sido ocupada em novembro do ano passado

Três testemunhas (dois rapazes e uma adolescente), abordados perto da casa chegaram a ser levados para o plantão policial. Mas, o trio foi liberado após esclarecer não ter envolvimento no caso.

O CASO

Ronaldo César Capelari desapareceu nesta segunda-feira, 13, à noite, ao sair de casa para ir à natação.

A caminhonete dele foi encontrada na manhã desta terça feira, no mesmo bairro, com várias marcas de sangue e sinais de luta corporal.

Após ser encontrado, o corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passaria por exame necroscópico. Ainda não há informações sobre velório e enterro da vítima. O caso foi registrado na Central de Flagrantes e está sendo investigado pela Polícia Civil.

Ainda não se sabe o que motivou o crime. O caso é investigado pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba. Qualquer informação sobre envolvidos no crime pode ser passada a polícia por meio de telefones 190 e 197. O denunciante não precisa se identificar.

Casa com muro danificado, o que pode justificar o dano na caminhonete da vítima

Fonte: RP10

últimas