FESTA

Expo Fernandópolis divulga a grade de shows

Expo Fernandópolis divulga a grade de shows

Dois shows serão gratuitos no primeiro final de semana do evento

Dois shows serão gratuitos no primeiro final de semana do evento

Publicada há 1 mês

Festa não terá show gratuito no dia do aniversário de Fernandópolis 

Gustavo Jesus

O perfil oficial da Expo Fernandópolis no Facebook começou a divulgar na tarde desta quinta-feira, 16, a grade de shows da festa para o ano de 2020. Depois das mudanças aprovadas pela Câmara Municipal, o evento contará com dois finais de semana de shows (15 a 17 de maio e 21 a 24 de maio), com o parque sendo fechado entre segunda e quarta-feira.

O primeiro show, marcado para a sexta-feira, 15, será da dupla Marcos & Belutti. No sábado César Menotti e Fabiano se apresentam. Ambos os shows serão gratuitos, cumprindo a obrigatoriedade prevista na alteração da Lei.

Para o segundo final de semana já foi anunciado o show da cantora Marília Medonça, que se apresenta na quinta-feira, 21. O outro show que já foi anunciado é o da dupla Henrique e Juliano, marcado para a sexta-feira, 22, dia do aniversário da cidade. No sábado, 23, vai ser a vez de Leo Santana e do DJ Alok se apresentarem.

Essa matéria será atualizada quando os demais shows forem divulgados.

MUDANÇAS NA FESTA
A Câmara Municipal de Fernandópolis aprovou em sessão extraordinária realizada em 19 de dezembro do ano passado, no auditório da OAB, projeto de lei que alterou algumas obrigações da concessionária que realiza a Exposição.

O projeto original, que foi aprovado em 2013, estabelecia que a festa deveria ter 10 dias de duração e um show gratuito à população no dia 22 de maio, aniversário da cidade. Com as mudanças aprovadas hoje a festa poderá ter apenas seis dias de duração, sendo três com entrada franca entre sexta e domingo e a obrigação de dois shows gratuitos.

O Sincomércio justificou as alterações alegando que a festa com tempo menor traz melhores resultados para a economia local.

"Pelo nosso entendimento como entidade representante do comércio varejista local, um número reduzido de dias de Festa hoje é essencial para o equilíbrio financeiro do município, já que está comprovado o elevado aumento de inadimplência após a realização da festa com 10  dias ou mais, e a manutenção dos moldes atuais da lei, está inadequado para a nossa realidade. Certo é que, no ano de 2018 e no presente ano de 2019, os dias de festa já foram reduzidos para seis na prática, trazendo melhores resultados para a economia local", diz a entidade em ofício enviado à Prefeitura.

Gutinho Sisto, empresário que organiza a festa, disse concordar com o Projeto. "Essa mudança adequa a nossa festa para o atual momento do país", disse.


*Matéria atualizada às 16h22

últimas