EM CANA

Grupo investigado por furtar lojas e mercados na região agia em 28 cidades

Grupo investigado por furtar lojas e mercados na região agia em 28 cidades

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta terça-feira

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta terça-feira

Publicada há 4 semanas

Câmera de segurança registra como os ladrões agiam durante furto em mercados — Foto: Reprodução

Da Redação


O grupo investigado na operação Furo Final teria praticado furtos em pelo menos 28 cidades da região noroeste paulista. Uma ação foi feita nesta terça-feira (21) pela Polícia Civil e nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Birigui e Brejo Alegre (SP).

Os mandados foram cumpridos em seis locais e oito pessoas são investigadas. Apenas uma pessoa foi presa por porte ilegal de arma: ela estava com uma caneta-revólver.

Segundo a polícia, os criminosos agiam sempre da mesma maneira: entrando em comércios de madrugada para arrombar e levar o dinheiro dos cofres. Para arrombar os cofres, eles faziam apenas um furo, por isso, o nome da operação.

“O que chamou a atenção é que sempre eles agiam da mesma maneira: entravam por cima do telhado e iam para o cofre, arrombando os cofres com um furo apenas, o que mostrava habilidade”, afirma o delegado Thiago Barroca.

De acordo com a polícia, o grupo conseguiu furtar em torno de R$ 300 mil. Dos nove mandados, um foi cumprido em Brejo Alegre e oito em Birigui.

O crime está sendo investigado como furto qualificado e associação criminosa. Entre os objetos apreendidos estão roupas, calçados, celulares, um maçarico e documentos.

Câmeras de segurança ajudaram a polícia na investigação, que teve início em julho do ano passado. Esta foi a primeira etapa da operação e todo material apreendido agora será analisado pelos investigadores.


Fonte: G1


últimas