CULTURA

‘Presépio Vivo’ deve se tornar Patrimônio Cultural de Fernandópolis

‘Presépio Vivo’ deve se tornar Patrimônio Cultural de Fernandópolis

Medida pode proporcionar investimentos no projeto

Medida pode proporcionar investimentos no projeto

Publicada há 4 semanas

SECOM - Prefeitura de Fernandópolis

Sucesso de público no final do ano passado, o “Presépio Vivo” deve se tornar Patrimônio Cultural de Fernandópolis. O prefeito André Pessuto pretende enviar um projeto para análise da proposta na Câmara de Vereadores. O anúncio desta ideia aconteceu na manhã desta quarta-feira, 22, durante a entrega dos prêmios da campanha de Natal realizada pela Acif (Associação Comercial e Industrial de Fernandópolis).

O “Presépio Vivo” foi uma ideia de Maria José Pessuto e foi realizado pela Acif com apoio da Prefeitura de Fernandópolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, e da Paróquia Santa Rita de Cássia. A atração aconteceu na praça da Matriz de 18 a 20 de dezembro, com a participação de cerca de 70 voluntários, com o objetivo de reproduzir a cidade palestina de Belém e o nascimento de Jesus Cristo.

“Este presépio é um projeto que nasceu do coração da minha mãe, Maria José, e foi ganhando colaboradores e voluntários. Cresceu tanto, porque a população entendeu que a proposta era a de mostrar o verdadeiro sentido do Natal. Transformar esse trabalho em patrimônio cultural vai possibilitar investimentos e também a reforma da praça onde o evento acontece”, explicou o prefeito André Pessuto, que esteve no evento da Acif acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores, Ademir de Almeida.

últimas