AGRONEGÓCIO

Números do Show Rural reforçam importância do agronegócio brasileiro

Números do Show Rural reforçam importância do agronegócio brasileiro

Resultados positivos foram registrados pelo Sicredi que contabilizou 760 propostas de financiamento e R$ 188 milhões em volume de negócios

Resultados positivos foram registrados pelo Sicredi que contabilizou 760 propostas de financiamento e R$ 188 milhões em volume de negócios

Publicada há 1 semana

Instituição financeira cooperativa registou 760 propostas de financiamento
Créditos: Leandro Carvalho 

Da Redação

Com público de 300 mil pessoas e volume de negócios de R$2,5 bilhões, a 32ª edição do Show Rural Coopavel, terminou no último dia 7 em Cascavel (PR) confirmando a força do agronegócio na economia brasileira. Os números positivos também foram sentidos pelo Sicredi, primeira instituição financeira cooperativa do Brasil, que durante a feira registrou mais de 760 propostas de financiamento protocoladas e um volume de negócios de R$ 188 milhões. 

De acordo com o gerente de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Gilson Farias, a feira é uma oportunidade para estar ainda próximo do associado oferecendo as melhores soluções financeiras. "O Show Rural é o local onde o nosso associado está para buscar melhorias para sua propriedade e para a sua vida. Por isso sempre nos preparamos para o atendimento mais eficiente, apresentando novidades que melhoram o relacionamento", afirma.

Esse ano o Sicredi implementou melhorias no atendimento das demandas de crédito, operando de maneira 100% online. Com o novo sistema, o pedido de financiamento era feito do estande ou mesmo da revenda de maquinário. O aplicativo era acessado pelo colaborador Sicredi que estava em contato direto com produtores rurais e vendedores de maquinário agrícola, veículos e demais tecnologias, agilizado a solicitação. "A cada ano procuramos trazer mais agilidade pensando sempre na experiência do nosso associado. Com o sistema online, todo o fluxo se torna mais rápido e fácil para o interessado no crédito, engrossando o volume de negócios da instituição", explica Farias. 

Impacto do cooperativismo 

Os benefícios gerados pelo cooperativismo na economia brasileira foi tema do Encontro com Jornalistas realizado pelo Sicredi durante o Show Rural Coopavel. Durante o evento, o presidente nacional do Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, repercutiu a recente pesquisa divulgada Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O estudo destacou que 1,4 mil municípios de todo o país, que passaram a contar com uma ou mais cooperativas, entre 1994 e 2017, registraram um impacto agregado de mais de R$ 48 bilhões em um ano. 

No campo, o cooperativismo também atua diretamente no fomento ao produtor rural. O Sicredi é reconhecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como agente financeiro com maior volume de operações de investimento contratadas no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), além de ser a segunda maior instituição financeira em liberação de crédito rural do país, segundo ranking "Maiores e Melhores" da revista Exame.

"O Sicredi atua baseado nos ideais e princípios dos fundadores do cooperativismo. Todo o trabalho é realizado para o desenvolvimento dos associados e das comunidades de maneira sustentável. Desta forma, investimos para o crescimento econômico e uma sociedade mais justa e colaborativa", finaliza Dasenbrock.


Fonte: Assessoria de Imprensa - Sicredi 

últimas