CRUELDADE

Juiz manda internar na Fundação Casa adolescentes que assassinaram jovem

Juiz manda internar na Fundação Casa adolescentes que assassinaram jovem

Os três envolvidos ficarão por até cinco dias na cadeia pública até abrir vaga na unidade

Os três envolvidos ficarão por até cinco dias na cadeia pública até abrir vaga na unidade

Publicada há 6 dias

Richard foi assassinado com vários golpes de faca

Da Redação

O juiz da Vara da Infância e Juventude de Rio Preto, Evandro Pelarin, acatou o pedido da promotoria do Ministério Público e decidiu pela internação provisória dos três adolescentes que foram acusados pela Justiça por homicídio qualificado por motivo torpe.

Os três envolvidos – dois meninos (um de 15 e 17 anos) e uma garota de 17 anos, ficarão por até cinco dias na cadeia pública até abrir vaga na unidade. A transferência deve sair ainda nesta sexta-feira (14).

"Pela lei, o ECA, nós temos agora 45 dias de prazo máximo para julgar o processo”, afirmou Pelarin.

De acordo com a Polícia Civil, garota de 17 anos, que teria atraído a vítima para a emboscada, dava risadas durante o depoimento. Um dos envolvidos assinou o relatório policial com o nome de "Camaleão” e foi advertido.

Crueldade
Richard foi morto a facadas na noite de ontem (12), no Jardim Maracanã. Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender um atropelamento. Chegando no local, socorristas informaram que a vítima apresentava ferimentos de arma branca, descartando a hipótese de acidente.

A morte do jovem foi constatada ainda no local e uma testemunha informou que a vítima, momentos antes, teria dito o nome de quem o havia esfaqueado. Próximo àquela região foi identificada uma casa com vestígios de sangue e a perícia foi acionada.

Na residência, foram recolhidas duas porções de drogas, uma de maconha e outra de cocaína, e uma caderneta com algumas anotações. Todos os objetos foram apreendidos e encaminhados para a Central de Flagrantes.

Momentos antes, através da rede de comunicação da polícia, foi informado que duas pessoas com manchas de sangue tinham sido vistas entrando em uma casa a um quarteirão do local. A polícia foi até endereço e encontrou a mãe de um dos suspeitos.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, foram identificadas marcas de sangue pelo chão, além de roupas amontoadas. A mulher disse que o filho teria ido até o ponto de ônibus acompanhar um amigo. A polícia fez buscas nas proximidades e abordou o suspeito junto com a namorada.

A polícia localizou o terceiro suspeito na casa dele, através do endereço que foi indicado pelo casal, e os três foram levados para a delegacia.

Em depoimento à Polícia Civil, todos confessaram o crime. Eles alegaram que assassinaram Richard porque ele teria furtado uma blusa de frio de um dos suspeitos. A adolescente, de 17 anos, teria atraído a vítima para um suposto encontro amoroso e o distraído, momento em que os outros dois lhe atacaram com golpes de faca.

Enterro
O corpo de Richard está sendo velado na capela do Prever. O enterro está marcado para às 11h desta sexta (14), no Cemitério Jardim da Paz. 


Fonte: DL News

últimas