SANTA CASA

Confirmadas prisões de ex-deputado, secretário municipal, ex-presidente da Associação de Amigos e empresário

Confirmadas prisões de ex-deputado, secretário municipal, ex-presidente da Associação de Amigos e empresário

Polícia procura 14 envolvidos em irregularidades na Santa Casa

Polícia procura 14 envolvidos em irregularidades na Santa Casa

Publicada há 1 mês

Da Redação

Arte mostra os quatro acusados detidos na operação policial. Fonte: Jornal O Extra.net

Confirmado! Ao menos quatro pessoas estão presas na Polícia Civil de Fernandópolis em decorrência de operação que investiga possíveis irregularidades na Santa Casa de Fernandópolis, desencadeada na manhã desta segunda-feira, 17. São eles:

- o atual secretário municipal de Fernandópolis, titular da pasta de Recursos Humanos Antônio Luiz Aiêlo, que já ocupou funções diretivas, além de no atual governo André Pessuto, nos de Luiz Vilar e de Rui Okuma;

- o ex-deputado estadual Gilmar Gimenes, que por anos foi assessor do atual  secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Julio Semeghini, ex-presidente da Prodesp e nome cotado para disputar a Prefeitura de Fernandópolis em outubro;

- o empresário Edilberto Sartin, empresário ligado ao ramo de alimentos; ex-provedor da Santa Casa de Fernandópolis, tendo assumido-a em janeiro de 2017, que a herdou com os R$ 29 milhões e entregou com R$ 40 milhões;

- João Tarlau, contador aposentado da Prefeitura de Ouroeste, conselheiro do hospital e ex-presidente da AMMFER, a Associação dos Amigos do Município de Fernandópolis.

Ainda não se tem a confirmação se suas prisões são preventivas ou temporárias.

MAIS ENVOLVIDOS

No total são 14 acusados envolvidos, tendo sido confirmadas outras detenções em cidades da região.

Em Araçatuba foram presos o advogado Maurício Alves da Silva e o empresário Fernando Henrique Stella.

O ex-provedor Fernando Zanqui não foi encontrado e Fábio Óbice, um dos diretores da OSS Santa Casa de Andradina foi detido.

Nesse momento a Polícia Civil está no AME e no Lucy Montoro de Fernandópolis atrás de novas informações.

Além de Fernandópolis e Andradina, a polícia cumpre mandados em Votuporanga, Jales, e Araçatuba.

 

últimas