ELEIÇÕES 2020

MDB e PP garantem maiores bancadas; confira a nova composição da Câmara

MDB e PP garantem maiores bancadas; confira a nova composição da Câmara

PTB, PSDB, DEM e PSC serão os outros partidos representados

PTB, PSDB, DEM e PSC serão os outros partidos representados

Publicada há 1 mês

Câmara terá nova formação a partir desse sábado, 4

Gustavo Jesus

Depois de um mês de intensas negociações, acabou nessa sexta-feira, 3, o prazo para que agentes políticos troquem de partido sem penalidades ao mandato. Em Fernandópolis, 10 vereadores e o vice-prefeito trocaram de legenda.

O grande vencedor da janela partidária foi o MDB. O partido comandado pelo funcionário público Cássio Araújo não tinha nenhum vereador na Câmara, e agora conta com três nomes. Étore Baroni, Mileno Tonissi e Murilo Jacob deixaram PSDB, PTB e PL respectivamente.

Outro partido que terá três vereadores na bancada é o PP, do deputado federal Fausto Pinato. Ademir de Almeida, Salvador do Paulistano e Janaína Alves representarão o partido. Neide Garcia, que se elegeu pela legenda, se filiou ao PTB.

O PSDB, que trocou de comando no município durante o mês de março, manteve a vereadora Maiza Rio e trouxe João Pedro, do PTB, mantendo a bancada com dois nomes.

Quem também manteve a bancada, mas com outros vereadores, é o PTB. O partido perdeu Mileno e João Pedro, mas trouxe Cidinho do Paraíso, vereador mais votado nas últimas eleições, do PL, e Neide Garcia.

O DEM, partido do prefeito André Pessuto, manteve Gilberto Vian, e acrescentou em suas fileiras o vereador Zarola e o vice-prefeito Gustavo Pinato, que deve concorrer novamente ao cargo de vereador.

Além de Maiza e Gilberto, apenas Tonho Pintor permaneceu no partido que o conduziu para a Câmara. Nessa semana o edil garantiu sua permanência no PSC, após ter seu nome especulado no PP.

BALANÇO 
 PL e PSD foram os grandes derrotados da janela. Os dois partidos somavam cinco vereadores - três do PL e dois do PSD -, e agora não terão representação. O PDT perdeu Salvador e também não terá edis.

PTB, PSDB e PSC mantiveram suas bancadas, com dois vereadores nos dois primeiros e um no PSC.

O DEM dobrou sua bancada, contando agora com dois vereadores, enquanto MDB e PP são os maiores partidos da Câmara com três edis cada.

últimas