PANDEMIA

Coronavírus avança na região; Fernandópolis supera Votuporanga no número de casos

Coronavírus avança na região; Fernandópolis supera Votuporanga no número de casos

Entre as principais cidades, proporcionalmente Santa Fé do Sul foi a mais afetada

Entre as principais cidades, proporcionalmente Santa Fé do Sul foi a mais afetada

Publicada há 1 semana

Gustavo Jesus

O crescimento de casos de coronavírus na região de São José do Rio Preto, que compreende Fernandópolis, é o segundo maior de todo o estado de São Paulo, em maio. De 30 de abril até 18 de maio, período do levantamento, os teste positivos aumentaram 309% na região.

Ao mesmo tempo, que houve crescimento exponencial no número de casos, os óbitos em decorrência de covid-19 também se elevaram. A região de Rio Preto é a terceira com maior crescimento de mortes no período, com acréscimo de 167%. A região recordista é a de Barretos, com aumento de 267%.

Apesar do número absoluto de infectados ainda se concentrar na Grande SP, o contágio cresce a um ritmo quatro vezes mais rápido no interior e no litoral do que na Região Metropolitana.

Entre os dias 1º e 30 de abril, o número de casos registrados cresceu 3.302% no Interior (de 129 casos para 4.389), enquanto que na RMSP o crescimento foi de 770% (de 2.793 para 24.309).

FERNANDÓPOLIS TEM INCIDÊNCIA 54% MAIOR DO QUE VOTUPORANGA
 Dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -, de 2019, apontam Fernandópolis com uma população de 69.116 habitantes e Votuporanga com 94.547.

Utilizando o último número oficial disponível, Fernandópolis tem uma incidência de 50,6 casos de coronavírus para cada 100 mil habitantes. Em Votuporanga, são quase 18 casos a menos proporcionalmente falando, com 32,7 testes positivos por 100 mil habitantes. Isso significa uma taxa de infecção 54% maior, em Fernandópolis.

Rio Preto, cidade que é sede de região, tem 505 casos confirmados da doença. Com uma população estimada em 460.671, o índice de infectados por 100 mil habitantes é de 110 casos.

Entre os principais municípios da região, a pior taxa de contaminação está em Santa fé do Sul. Para cada 100 mil habitantes a cidade registrou 64,97 casos, número consideravelmente maior do que Fernandópolis, Votuporanga e Jales.

Em situação oposta, está Jales. Até o momento a cidade tem uma taxa de casos confirmados de apenas 16,2 para cada 100 mil habitantes.

NÚMEROS ABSOLUTOS
 Centro de região, São José do Rio Preto concentra a maior quantidade de casos. São 505 testes positivos. Ainda há 2802 suspeitos aguardando exames, enquanto outros 3.204 testes deram negativo. O município teve 18 óbitos.

Os casos de coronavírus confirmados até esta quinta-feira, em Fernandópolis, elevaram o total na cidade para 36. Mesmo com uma população inferior, o número é superior ao de Votuporanga, que tem 31 casos confirmados de Covid-19.

Santa Fé do Sul termina a semana com 21 casos positivos e Jales com oito.

últimas