PANDEMIA

Reabertura das escolas pode causar a morte de até 17 mil crianças

Reabertura das escolas pode causar a morte de até 17 mil crianças

Estimativas feitas por um pesquisador da Fundação Getúlio Vargas

Estimativas feitas por um pesquisador da Fundação Getúlio Vargas

Publicada há 2 anos

Estimativa é de matemática da FGV. Foto: Revista Crescer 

Da Redação 

Se as escolas reabrirem em setembro teremos 17 mil crianças mortas por Covid-19, segundo o matemático Eduardo Massad, professor titular da Escola de Matemática Aplicada Fundação Getúlio Vargas (FGV).

"Quantas crianças morreram por Covid hoje no Brasil? Alguém tem ideia? 300 e poucas crianças abaixo de 5 anos morreram no Brasil. Se a gente reabrir as escolas, nós vamos chegar a 17 mil. São 17 mil crianças que vão morrer e não precisariam morrer. Todo o resto dos problemas vocês conseguem dar um jeito e resolver. Perder 17 mil crianças não há solução possível. Nós estamos falando de vidas. Se perder um ano, ninguém vai morrer por isso. Se a gente abrir sem um planejamento muito preciso e um controle muito grande, o que vai acontecer é que vai morrer 17 mil crianças contra 300 e poucas no curso natural da epidemia, com as escolas fechadas."

A declaração ocorreu durante uma conversa virtual realizada nesta terça-feira (14) pela Agência Fapesp e o Instituto Butantam.

Em São Paulo, a reabertura das escolas está prevista para começar em 8 de setembro, e ocorrerá em três etapas. Ainda segundo o governo, só poderão ser reabertas escolas em áreas que estiverem na fase amarela do plano de flexibilização da economia.

Com informações: G1 e Revista Crescer 

últimas