GOLPE

Golpistas se passam por pesquisadores da OMS para clonar WhatsApp

Golpistas se passam por pesquisadores da OMS para clonar WhatsApp

Uma mulher, de 25 anos, foi uma das vítimas dos golpistas na região

Uma mulher, de 25 anos, foi uma das vítimas dos golpistas na região

Publicada há 5 meses

Da Redação

Uma mulher, de 25 anos, foi uma das vítimas dos golpistas que estão se passando por pesquisadores da OMS (Organização Mundial de Saúde).

Ela mora no bairro Jardim Ipanema, em Araçatuba, e registrou um boletim de ocorrência nesta quarta-feira, 22, contando o caso.

A vítima disse que recebeu uma ligação de um homem, dizendo se chamar Renato, contando que estava fazendo uma pesquisa sobre covid-19 para a OMS.

Após alguns minutos de conversa, ela conta que ele solicitou que ela falasse um código de SMS que chegaria no celular da vítima, alegando que seria o número de protocolo.

Ela passou o código para o homem, e contou que, a partir deste momento, não conseguiu mais acessar o WhatsApp.

A vítima contou ainda que começou a receber mensagens por outras redes sociais, de amigos alertando que estavam recebendo mensagens dela pedindo dinheiro.

Os depósitos seriam feitos em uma conta bancária. A Polícia Civil vai investigar o caso. 


Fonte: SBT Interior


últimas