CONDENAÇÃO

Assassinos de advogado são condenados a 21 e 27 anos de prisão

Assassinos de advogado são condenados a 21 e 27 anos de prisão

Julgamento durou cerca de 20 horas

Julgamento durou cerca de 20 horas

Publicada há 1 semana

Thui Seba foi assassinado a tiros após cair em uma emboscada planejada pelo seu ex-sócio - Foto: Reprodução/Facebook

Da Redação

Após um julgamento que durou cerca de 20 horas, foram condenados na madrugada desta sexta-feira, 16, no Fórum de Rio Preto, os criminosos envolvidos no assassinato do advogado votuporanguense José Arthur Vanzella Seba.

Claudio Yuri Baptista, ex-sócio e mandante do crime, foi condenado a 21 anos de cadeia, enquanto o peão de rodeio e executor do assassinato Keyssel Eduardo de Oliveiro pegou uma pena de 27 anos.

O crime

Thui Seba, como era conhecido, foi assassinado a tiros depois de cair em uma emboscada planejada pelo seu ex-sócio Cláudio. 

De acordo com a denúncia do MP, Cláudio contratou o peão de rodeio Keyssel Eduardo de Oliveira para executar o advogado. 

O crime aconteceu no loteamento Parque dos Buritis, em Rio Preto, quando os sócios estavam no local com o pretexto de ver um terreno para comprar.

A motivação do crime seria a possibilidade de Cláudio ser beneficiado com o pagamento de seguro de vida, no valor de R$ 1 milhão. Caso aconteceu em 2017

últimas