ELEIÇÕES 2020

Candidatos começam a receber dinheiro dos partidos para as campanhas em Fernandópolis

Candidatos começam a receber dinheiro dos partidos para as campanhas em Fernandópolis

Dois tiveram campanhas irrigadas pelo Fundão; outro ainda aguarda partido

Dois tiveram campanhas irrigadas pelo Fundão; outro ainda aguarda partido

Publicada há 1 mês


Candidatos começam a receber recursos partidários em Fernandópolis

Demorou! Mas, entre mortos e feridos, na espera, salvaram-se todos!

Eis que finalmente os candidatos à Prefeitura de Fernandópolis começaram a ter suas campanhas irrigadas com recursos provenientes do Fundo Partidário. Nem todos, aliás, pois o petebista Henri Dias só contou, oficialmente, para a sua campanha e do vice Avenor Bim com R$ 20 mil provenientes de doação própria. Nada do Fundão!

Já o Republicano Renato Colombano abocanhou R$ 15 mil, repassados da Direção Estadual do partido, chegando aos R$ 96,5 mil em receitas para a campanha. Vale ressaltar que o candidato já doou para a própria campanha o valor de R$ 80 mil, o que corresponde a 27,5% de todo seu patrimônio declarado à Justiça Eleitoral. Aposta alta!

Pelos idos de Pessuto, há o registro de R$ 175 mil em movimentações, que tem origem em R$ 50 mil provindo do Fundão do DEM, partido de André, e mais R$ 100 mil dos Progressistas, partido que compõe a base coligada. Destaca-se também a doação de R$ 20 mil através do vice Artur Watson Silveira e mais R$ 5 mil de Ricardo Leão.

A expectativa de todos é receber valores bem mais substanciais nos próximos dias.

Eleição milionária em Rio Preto com Coronel Helena e Edinho Araújo

A militar reformada durante a convenção. Foto: Lucas Israel – Diário da Região

Enquanto por aqui a grana do Fundo Eleitoral mal começou a pingar, causando protelações nas programações dos candidatos, alguns já apavorados com a lentidão, em Rio Preto a eleição é realmente milionária, com a Coronel Helena (Republicanos) e Edinho Araújo (MDB) liderando as tábuas financeiras.

No total, os candidatos já declararam recebimento de mais de R$ 3 milhões, porém estes valores são concentrados em dois nomes. A militar, que já recebeu R$ 1,5 milhão do Republicanos em duas parcelas de R$ 750 mil enquanto que o atual prefeito já conta com R$ 710 mil. Suas campanhas, somatizadas as arrecadações de outras fontes, dispõem de mais de R$ 2,2 milhões e há previsão de ingresso de mais receitas.


últimas