ELEIÇÕES 2020

PF usará drones para fiscalizar eleições municipais na região

PF usará drones para fiscalizar eleições municipais na região

Intenção é captar indícios de crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores

Intenção é captar indícios de crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores

Publicada há 1 mês

Da Redação

A Polícia Federal irá usar drones para fiscalizar as eleições municipais deste ano nas principais zonas eleitorais do país, informou a instituição nesta segunda-feira, dia 26.

De acordo com a PF, serão utilizados diversos drones em todo país para sobrevoar as zonas eleitorais. A intenção é captar indícios de crimes como boca de urna, compra de votos e transporte de eleitores.

REGIÃO

A Delegacia de Polícia Federal em Jales, que exerce com prioridade atribuições de polícia judiciária em matéria eleitoral, apresentará, amanhã, dia 27, às 9h30, na sede da PF em Jales, a equipe responsável pela utilização da tecnologia de monitoramento aéreo que será utilizada neste ano no combate aos crimes eleitorais na região.

O veículo aéreo não tripulado (DRONE), equipado com tecnologia de monitoramento aéreo, será utilizado pela corporação no dia das eleições municipais em 15 de novembro de 2020 objetivando o combate aos crimes eleitorais.

Aos presentes, o chefe da PF em Jales/SP, DPF Jackson Gonçalves, na companhia dos policiais federais responsáveis pela operação do equipamento, esclarecerá todas as dúvidas inerentes ao emprego da tecnologia nas eleições deste ano.

Por razões estratégicas, nesta ocasião, não será realizada apresentação de voos do equipamento, mas serão disponibilizadas imagens dos exercícios de simulação de atuação com o uso da tecnologia aos presentes.

Uso do equipamento visa combater crimes eleitorais, como boca de urna 

últimas