SOLIDARIEDADE

Moradores fazem campanha para ajudar família de menino atropelado por motociclista embriagado na região

Moradores fazem campanha para ajudar família de menino atropelado por motociclista embriagado na região

Acidente foi registrado no último domingo, 15, em Cardoso

Acidente foi registrado no último domingo, 15, em Cardoso

Publicada há 6 dias

Voluntários resolveram criar a campanha para ajudar a família com dinheiro e alimentos - Foto: Divulgação

Da Redação/G1

Moradores realizam uma campanha para ajudar a família do menino, de 8 anos, que foi atropelado por um motociclista embriagado, em Cardoso, no último domingo, 15.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima, o irmão e a avó foram pegar latinhas em uma festa promovida para comemorar o resultado das eleições municipais.

No caminho de volta para a casa, João Vitor, que estava de bicicleta, foi atropelado pelo homem e bateu a cabeça no asfalto.

Ele sofreu diversos ferimentos e segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto.

Ainda segundo a Polícia Militar, o motociclista, um eletricista de 42 anos, abandonou o veículo e tentou fugir a pé. No entanto, foi encontrado a poucos metros de distância da avenida.

Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas um médico foi chamado e constatou a embriaguez. O homem foi preso em flagrante por lesão corporal culposa, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente.

João Vitor e o irmão de 10 anos perderam o pai e a mãe. A avó é quem cuida dos dois. Ela é gari e recolhe materiais recicláveis para completar a renda, mas está no hospital sem poder trabalhar.

Por saber das dificuldades financeiras e indignados com o caso, voluntários resolveram criar a campanha para ajudar a família com dinheiro e alimentos.

“Queria agradecer a todos que estão orando e fazendo de tudo para nos ajudar. Não tenho palavras. Não sei como agradecer o que vocês estão fazendo”, diz a avó dos meninos, Aparecida Martins.

Os moradores que quiseram ajudar e fazer doações para a família podem ligar no telefone (17) 98108-4832.


Fonte: g1.globo.com

últimas