DÍVIDAS

Santa Casa de Santa Fé do Sul acumula R$ 7,6 milhões em dívidas

Santa Casa de Santa Fé do Sul acumula R$ 7,6 milhões em dívidas

Empréstimo, produtividade médica, laboratórios, fornecedores e impostos estão entre as pendências financeiras

Empréstimo, produtividade médica, laboratórios, fornecedores e impostos estão entre as pendências financeiras

Publicada há 2 meses

O acumulado da dívida já ultrapassa os R$7,6 milhões - Foto: Reprodução

Da Redação/Informa Mais

A Administração da Santa Casa de Santa Fé do Sul tornou público na última semana o montante das dívidas da entidade que remontam desde 2013 até os dias atuais. Dívidas essas que não foram pagas para fornecedores, empréstimo, produtividade dos médicos (SUS e Convênios), laboratórios, impostos como ISS FGTS e IRRF e outros profissionais médicos.

O acumulado dessa dívida já ultrapassa os R$7,6 milhões e o empréstimo contraído junto a Caixa Federal em 2018 é o maior endividamento do hospital, R$3.364.419,82, que está sendo pago de forma parcelada, abatendo dos repasses do SUS.

A  segunda maior dívida não paga pela instituição está relacionada aos impostos ISS, IRRF e FGTS, com uma pendência de R$1.653.700,00, seguida pela dívida acumulada desde 2018 com a produção dos médicos que é de R$1.052.460,40, esta pendência se refere aos procedimentos realizados através de convênios particulares e do SUS – Sistema Único de Saúde, que neste caso a Santa Casa utilizou os recursos já repassados pelos convênios, mas não pagou os profissionais médicos.

As dívidas com o Laboratório Unilab (R$901,5 mil) e Radiologia Hassan (R$198,8 mil) estão em atraso desde 2016 e já chegam a quase R$1.6 milhão.

Outras dívidas não pagas

Fornecedores (desde 2016) – total de R$329,5 mil

Profissionais médicos (desde 2018) – total de R$54,5 mil


Fonte: www.informamais.com.br

últimas