MACEDÔNIA

“Ganho R$ 467 e procuro outra casa", diz vereadora denunciada sobre uso de imóvel público

“Ganho R$ 467 e procuro outra casa", diz vereadora denunciada sobre uso de imóvel público

“Está aqui o holerite. Eu realmente precisei da casa”, alega Mônica Vieira, que salienta, em vídeo nas redes sociais, o não recebimento do primeiro salário de vereadora

“Está aqui o holerite. Eu realmente precisei da casa”, alega Mônica Vieira, que salienta, em vídeo nas redes sociais, o não recebimento do primeiro salário de vereadora

Publicada há 5 dias

Breno Guarnieri

Na manhã desta terça-feira, dia 12, a Prefeitura de Macedônia, município localizado a 16 quilômetros de Fernandópolis, divulgou uma nota a respeito de denúncia ocorrida, no início da semana, em relação ao imóvel público que está sob uso de uma vereadora.   

De acordo com a nota, a Prefeitura de Macedônia salienta que somente na última semana foi tomado ciência de que o imóvel público, localizado na Rua Deputado Anízio Moreira, nº 123, está sob o uso não oneroso da vereadora Mônica Vieira.

Ainda segundo a Prefeitura, também foi averiguado que durante o período de moradia de Mônica Vieira no imóvel citado, as contas de água e luz eram pagas pela Prefeitura, na regência da ex-prefeita Lucilene Marsola.

“Tendo em vista as várias famílias que passam por necessidades em nosso município, achamos um ato imoral dar privilégios para um ou outro munícipe. Sendo assim, no prazo de dois dias notificaremos a citada para que desocupe o imóvel. Destacamos ainda nossa estima e respeito pela senhora Mônica Vieira”, diz nota.

Vereadora divulga vídeo

No início da tarde de terça-feira, a vereadora Mônica Vieira divulgou vídeo, por meio de uma rede social, esclarecendo a situação e o motivo de ocupar o referido imóvel público.    

“Quando o atual prefeito (Reginaldo Marcomini) veio até mim, eu perguntei o que seria feito a respeito do imóvel. Ele disse que quando tomasse posse, iria ver o que poderia ser feito e me avisaria. Não foi o que aconteceu, infelizmente denunciaram. Estou aqui há um ano. É uma casa desconfortável e simples, mas eu agradeço a Deus por ela”, salienta.

Ainda no vídeo, Mônica exime a ex-prefeita Lucilene Marsola de culpa. “A ex-prefeita não queria que eu entrasse no imóvel, mas eu precisava e fui humilde em morar no local. O meu trabalho é como funcionária braçal da Prefeitura. O meu salário é de R$ 467,00. Eu realmente precisei da casa. Ninguém sabia do meu salário. Hoje estou como vereadora, mas ainda não recebi o meu primeiro salário. Eu estou procurando outra casa pra alugar. Fiquei constrangida com a situação (denúncia). Achar casa em Macedônia não está fácil. Todos sabem disso. Não precisava disso tudo (denúncia)”, destaca Mônica Vieira, eleita vereadora, em Macedônia, nas eleições 2020.

Vereadora Mônica Vieira diz em vídeo divulgado nas redes sociais que já procura outra casa para morar. Foto – Reprodução Facebook  



últimas