PANDEMIA

Primeiros a receberem a vacina, profissionais de saúde são 8% dos casos de coronavírus em Fernandópolis

Primeiros a receberem a vacina, profissionais de saúde são 8% dos casos de coronavírus em Fernandópolis

Até o momento foram 416 infectados apenas na rede municipal e na Santa Casa Fernandópolis

Até o momento foram 416 infectados apenas na rede municipal e na Santa Casa Fernandópolis

Publicada há 1 mês

Gustavo Jesus

Primeiro grupo a receber a primeira dose da vacina contra o coronavírus, os profissionais de saúde da rede municipal de Fernandópolis e os colaboradores da Santa Casa de Fernandópolis somam 416 casos positivos da doença. A informação foi divulgada pelas assessorias de imprensa da Prefeitura e do hospital.

Na Santa Casa 68 colaboradores testaram positivo para Covid-19. Segundo a instituição, a maioria dos trabalhadores foi infectada fora do ambiente de trabalho. "Dentre os casos positivos, investigações do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho da Santa Casa, a maioria absoluta de casos se deram por transmissão externa ao ambiente de trabalho".

Na rede municipal de saúde 348 profissionais receberam o diagnóstico positivo.

Os 416 profissionais da área - excluindo os que trabalham em hospitais e clínicas particulares -, infectados pelo coronavírus representam 8,3% dos 5.001 casos registrados da doença no município segundo o boletim divulgado na noite desta quarta-feira, 21.

Fernandópolis recebeu 1.480 doses da vacina para iniciar a imunização dos profissionais de saúde e idosos acamados.  

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

Após a abertura oficial do calendário de vacinação em Fernandópolis, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, seguirá o cronograma de vacinação do Estado. 

Os vacinadores serão os primeiros imunizados, recebendo a dose nesta quinta-feira, a partir das 07h, em seguida os profissionais seguirão para a Santa Casa, vacinando a frente de trabalho do hospital, SAMU E UPA. Posteriormente serão imunizados os funcionários das ILPI (Instituições de Longa Permanência de Idosos). Essas primeiras 1.480 doses serão para esses funcionários.

O cronograma das novas doses será entregue pelo Estado ao município nos próximos dias, conforme grupo de prioridades e critérios estabelecidos pelo Plano Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde.


O infectologista Márcio Gaggini, que atua na linha de frente no combate à pandemia, foi o segundo profissional da saúde a ser imunizado no município

últimas