PIORANDO!

Decretado Toque de Recolher em todo o Estado de SP

Decretado Toque de Recolher em todo o Estado de SP

À partir de sexta, 26, comércio fecha a partir das 23h00 e aglomerações são proibidas

À partir de sexta, 26, comércio fecha a partir das 23h00 e aglomerações são proibidas

Publicada há 1 mês

Governador João Doria: medida é tentativa de frear avanço de casos positivos e óbitos. Foto: Gov. Estado de SP

Da Redação/Exame

O governo de São Paulo vai implementar um toque de recolher noturno a partir desta sexta-feira, 26, para conter o avanço da pandemia de covid-19 no estado. O comércio precisa fechar durante à noite, entre as 23 horas e 5 horas, mesmo que uma região esteja em uma fase da quarentena menos restrita. Neste período, qualquer aglomeração é proibida. Somente deslocamentos considerados essenciais - como ir a hospitais - podem ser feitos.

A nova regra se estende até 14 de março e a Polícia Militar vai fazer a fiscalização, incluindo blitz nas ruas de grandes cidades do estado. Durante o dia, valem as restrições de acordo com a fase em que a região está. A Grande São Paulo, por exemplo, está na 3 amarela.

"Tomamos uma série de medidas para que não tivesse aglomerações no período do Carnaval. Acho que grande parte da população respondeu, mas infelizmente, em especial na última semana, vimos um aumento no número de novas internações no estado de São Paulo. Um aumento de quase 10% no número de novas internações em uma semana. E esse dado é ainda mais dramático quando olha os leitos de UTI", disse Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 24.

Na segunda-feira, o coordenador-executivo do comitê de saúde, João Gabbardo, disse que o grupo enviou ao governo do estado uma série de propostas para restringir a circulação de pessoas, incluindo o lockdown. O objetivo das recomendações era reduzir as internações de pacientes com o coronavírus, que atingiram nesta semana o maior número desde o início da pandemia.

O estado tem um total de 1.990.554 casos confirmados e 58.199 óbitos causados pela covid-19. A taxa de ocupação em leitos de UTI está em 69% em todo o estado e da Grande São Paulo, com 6.657 pacientes internados em terapia intensiva. Em algumas cidades do interior, como Araraquara, não há mais leitos disponíveis e a prefeitura determinou o lockdown até domingo. São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, já tinha implementado um toque de recolher das 22h às 5h no começo da semana.

Há um mês, o governo de São Paulo determinou o fechamento de todas as atividades não essenciais no período noturno e aos finais de semana. A medida valia mesmo que uma região estivesse em uma fase menos restrita da quarentena.

Duas semanas depois, mesmo com uma baixa no número de internações dentro da estabilidade, a gestão paulista suspendeu a regra. Na semana passada o governo flexibilizou mais as restrições e permitiu a venda de bebidas alcoólicas até as 22 horas nos restaurantes, antes era só até 20h. A regra vale somente para regiões na fase 3 amarela da quarentena, como é o caso da capital paulista.

Fonte: Gilson Garrett Jr./www.exame.com

últimas