E NÃO HÁ VAGAS!

Santa Casa "colapsa" e Votuporanga deve ter lockdown já neste final de semana

Santa Casa "colapsa" e Votuporanga deve ter lockdown já neste final de semana

Com fechamento total e implantação de barreiras sanitárias

Com fechamento total e implantação de barreiras sanitárias

Publicada há 1 ano

Santa Casa "colapsa" e Votuporanga deve ter lockdown

A Santa Casa está completamente lotada, com 100% de ocupação dos leitos de UTI´s destinados à pacientes com Covid-19 e com 32 dos 37 leitos de Enfermaria.

O quadro, como confidenciado por médicos e diretores daquela entidade, é de "colapso" e desolação.

Agravando a situação, é possível que a variante P1 do Coronavírus, originária de Manaus e que causou um mortandade sem precedentes naquela cidade, já esteja circulando - e infectando - em Votuporanga, conforme palavras do médico Atílio Pozobon Neto, diretor clínico da entidade.

SEBA VAI FECHAR TUDO?

Após a coletiva de Imprensa do hospital votuporanguense realizada na manhã desta sexta-feira, 19, na sede do Ambulatório Médico de Especialidades (AME), onde o cenário extremamente preocupante foi traçado, é praticamente certo que o prefeito Jorge Seba (PSDB) irá determinar um lockdown na cidade a partir deste final de semana.

A medida já teria sido indicada pelos gestores epidêmicos ao alcaide, inclusive com solicitação de fechamento total e bloqueio sanitário.

O setor de Imprensa vizinho já fora avisado que no período vespertino haverá um pronunciamento de Seba.

Lembrando que os prefeitos de Votuporanga, Fernandópolis (André Pessuto) e Jales (Luis Henrique) combinaram ações conjuntas de combate à pandemia (clique aqui para relembrar) e os índices de suas entidades de saúde são absolutamente similares.

Logo, se lá trilhará tal caminho, os demais podem, brevemente, segui-lo.

DETALHES IMPORTANTÍSSIMOS

O primeiro: de absolutamente nada adianta proferir e exibir decretos e regulamentos - numa profusão que a população nem mais imagina quais as permissividades e quais as restrições - se não houver efetiva fiscalização e exemplar punição. Continuar assim é hipocrisia!

O segundo: passou da hora de muitos populares, infratores contumazes das mais básicas normas preventivas sanitárias (tais como usar máscaras, álcool e evitar aglomerações) se conscientizarem de que estão sendo co-autores ou, no mínimo, partícipes de um genocídio.Corpo clínico da Santa Casa de Votuporanga: preocupação extrema e crise duradoura. Arte: Jornal O Extra.net / Foto: Facebook


Quer ler as colunas anteriores?

Clique aqui!

últimas