OAB

Advogados fernandopolenses, e não Subseção, é que emitiram nota contra Representação

Advogados fernandopolenses, e não Subseção, é que emitiram nota contra Representação

Manifestação é contra Representação da OAB em desfavor de Bolsonaro

Manifestação é contra Representação da OAB em desfavor de Bolsonaro

Publicada há 2 semanas

Da Redação

A manifestação pública divulgada neste site (clique aqui para conferir), repudiando a atitude do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em face do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi subscrita e divulgada por um grupo de advogados fernandopolenses, conforme consta no corpo da matéria e não pela Subseção local, como anotado no título.

Assinam a manifestação os inscritos na OAB 45ª Subseção Fernandópolis, Dr. Reinaldo Tadeu Cangueiro; Dra. Stella Pinto Cangueiro; Dr. Deonísio Laurenti; Dr. Marcelo Jodas Badaró; Dr. Marcelo de Lima Ferreira; Dr. Gustavo Peres; Dra. Eda Leci Honorato; Dr. André Iashima; Dr. Samuel Silva e Dr. Diogo de Souza Rodrigues.

No rol consta o nome de outros causídicos, porém, por não ser possível, a princípio, autenticar a subscrição, preferimos, por enquanto, omiti-los,

A MATÉRIA

Publicada na manhã deste sábado, 27/03/2021, sob o título "Subseção Fernandópolis emite nota à representação da OAB contra Bolsonaro" a notícia é está:

Da Redação

Advogados, inscritos na OAB 45ª Subseção Fernandópolis, por meio de uma nota, repudiam à atitude do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em face do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

De acordo com a nota, o propósito revela ardilosa tentativa de constranger, tumultuar e porque não, ameaçar o Presidente da República do Brasil, supostamente dando a entender que toda a classe estaria de acordo e compactuando com a situação.

“Não, nobre presidente do Conselho Federal da OAB, nós advogados atuantes e praticantes, não estamos a favor da politicagem que Vossa Senhoria estás a praticar, Vossa Senhoria não nos representa. Se mostra reveladora a sanha que Vossa Senhoria e míseros adeptos colegas de profissão, levantam em nosso país, praticando a podre e já derrotada politicagem, que persistem em resistir ao desmonte do Estado Democrático de Direito brasileiro e das liberdades e direitos contidos na Constituição Federal. Esta nefasta e malfadada representação na PGR em face do Presidente do Brasil, visa somente a politicagem e a agressão pessoal, num momento tão crítico que passa nossa querida Nação, num embate ferrenho contra a pandemia que assola o Mundo, nessa guerra de combate à Covid-19. Nos advogados da subseção 45º que subscrevemos essa nota de repúdio, não vamos silenciar e coadunar com essa alienada agressão ao Estado Democrático de Direito e da Constituição, estamos em alerta e prontos para o bom combate em defesa da soberania nacional. São atribuições que o Estatuto da Advocacia confere à OAB, por nós representada, em grau máximo, pelo seu Presidente, Dr. Felipe Santa Cruz, que neste ato de representação contra o Presidente da República, não nos representa. Portanto, o Conselho Federal da OAB nesta ação, está ímpar e sozinhos, este ataque é unilateral e pessoal não se traduzindo à classe. Trata-se, reitere-se, de um ataque de entendimento pessoal, e não a opinião e entendimento da entidade representativa da advocacia e da categoria de advogados e advogadas, em seu conjunto. É mais lamentável e alarmante ainda o ataque ser promovido por um membro de tão importante e gloriosa entidade que deveria prezar pela garantia dos direitos fundamentais e não deveria atuar como um instrumento de perseguição política, promovendo, assim, insegurança jurídica à sociedade. Diante desse cenário e de um pedido tão esdrúxulo como este, nós advogados da 45ª Subseção de Fernandópolis/SP, nos unimos à todas as instituições guardiães da Constituição na defesa da democracia, repudiando com veemência tal ataque do Conselho Federal da OAB ao Presidente da República , Sr. Jair Messias Bolsonaro, solidarizando-nos inteiramente com este, que sim nos representa”, diz nota.



últimas