POLÍTICA

SP investe R$ 1 bi na recuperação de vicinais. Confira os municípios beneficiados na região

SP investe R$ 1 bi na recuperação de vicinais. Confira os municípios beneficiados na região

Principal via na região ficou fora: a Percy Waldir Semeghini

Principal via na região ficou fora: a Percy Waldir Semeghini

Publicada há 1 ano

SP investe R$ 1 bi na recuperação de vicinais. Confira os municípios beneficiados na região

Autoridades estaduais no cerimonial de lançamento da 1ª etapa do programa. Foto: Gov. Estado de SP

O governo paulista anunciou há pouco o rol de municípios contemplados com o programa Novas Estradas Vicinais, que vai beneficiar mais 140 vias com 1.531 quilômetros de melhorias e investimentos de R$ 1,08 bilhão em recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O programa, coordenado pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem), no total prevê investimentos de R$ 2,29 bilhões e geração de 25 mil empregos, entre vagas diretas e indiretas.

Uma nova fase, com outros contemplados, deve ser divulgada ainda neste ano pela Secretaria Estadual de Logística e Transporte, a qual deve priorizar o asfaltamento de vicinais, ao contrário da atual, que tem foco na recuperação.

Somando as duas fases, são 279 vicinais beneficiadas e 3.094 quilômetros de melhorias, sendo que as obras desta primeira etapa devem começar em Julho.

A principal ficou de fora

Estranhamente, a mais necessitada, devido à precariedade de seu estado de conservação, e também uma das mais movimentadas da região (senão a mais), ficou de fora da contemplação.

A via Percy Waldir Semeghini, a SP-543, que interliga Fernandópolis a Ouroeste, indo até a Usina Hidrelétrica de Água Vermelha, na confluência com Iturama, no estado de Minas Gerais e servindo de escoamento agrícola também de Mato Grosso do Sul, não terá seus cerca de 53 quilômetros recapeados ou recuperados (ao menos nesta primeira etapa).

Na microrregião:

Por aqui as obras têm previsão de gastos na ordem de R$ 50,8 milhões, distribuídas nas seguintes estradas vicinais/municípios:

- Vicinal CDS-060, trecho vicinal Cardoso (SP-461, SP-527), em Cardoso e Mira Estrela, com 27,9 kms. Valor estimado: R$ 14.240.798,02;

- Vicinal NV20 / MRE 050, entre Mira Estrela, Indiaporã e Ouroeste, com 24,7 kms. Valor estimado: R$ 17.081.000,69;

- Vicinal FND-050, ligação entre Fernandópolis e São João das Duas Pontes, com 15,9 kms. Valor estimado: R$ 10.652.611,58;

- Vicinal VLG-355, trecho até o acesso Córrego Viradouro, em Valentim Gentil, com 3,5 kms. Valor estimado: R$ 1.330.769,89;

- Vicinal VLG-353, trecho até o dispositivo acesso ao Bairro Viradouro, em Valentim Gentil, com 14,5 kms. Valor estimado: R$ 7.592.535,72.

Na macrorregião:

Considerando a DR 09 do DER, que abrange os municípios da macrorregião rio-pretense, são 23 vicinais beneficiadas, que somam investimentos do Governo de SP de R$ 200,9 milhões em 317,2 kms de melhorias:

- Vicinal TAB-010, trecho SPA 395/310, até a divisa com Olímpia (DR 14), em Tabapuã, com 13,7 kms. Valor estimado: R$ 8.256.572,45;

- Vicinal IRP-146, trecho rodovia SP-304, em Irapuã, com 7,2 kms. Valor estimado: R$ 4.554.926,43;

- Vicinal JCI-341, entre vicinal Nova Aliança (SP-355), BR-153, em Jaci e Nova Aliança, com 21,4 kms. Valor estimado: R$ 12.705.622,02;

- Vicinal NVA-010, trecho vicinal Nova Aliança (SP-355), em Nova Aliança e Potirendaba, com 13,7 kms. Valor estimado: R$ 6.819.813,30;

- Vicinal NV20 / PDM - 040, trecho vicinal Pindorama, acesso à Usina Sucroalcooleira Santa Adélia, em Pindorama, Ariranha e Santa Adélia, com 11,6 kms. Valor estimado: R$ 9.744.270,95;

- Vicinal CTV-010 / NOV- 030, entre Catanduva, Tapapuã e Novais, com 13,5 kms. Valor estimado: R$ 6.336.665,09;

- Vicinal SAD-132, trecho da vicinal Santa Adélia até a Rodovia SP 310 (Distrito de Botelho), em Santa Adélia, com 7,3 kms. Valor estimado: R$ 4.766.760,15;

- Vicinal ADF-040, trecho vicinal Adolfo, ligação com o rio Tietê, em Adolfo, com 10,6 kms. Valor estimado: R$ 4.947.146,46;

- Vicinal CDS-060, trecho vicinal Cardoso (SP-461, SP-527), em Cardoso e Mira Estrela, com 27,9 kms. Valor estimado: R$ 14.240.798,02;

- Vicinal NV20 / MRE 050, entre Mira Estrela, Indiaporã e Ouroeste, com 24,7 kms. Valor estimado: R$ 17.081.000,69;

- Vicinal PRS-070, entre vicinal Parisi (SP-461 e SPA-350/320), em Parisi e Pedranópolis, com 12,9 kms. Valor estimado: R$ 7.568.934,38;

- Vicinal TRF-192, trecho entre vicinal Três Fronteira (SP-595) e Palmares D'Oeste (SP-563), em Três Fronteiras, Santana da Ponte Pensa e Palmeira D'Oeste, com 28,9 kms. Valor estimado: R$ 19.554.138,25;

- Vicinal CRM-319, trecho entre vicinal Cosmorama, bairro Scribone até Américo de Campos, em Cosmorama e Américo de Campos, com 25,1 kms. Valor estimado: R$ 16.320.134,61;

- Vicinal FND-050, ligação entre Fernandópolis e São João das Duas Pontes, com 15,9 kms. Valor estimado: R$ 10.652.611,58;

- Vicinal NV20 AVF-020, trecho entre Álvares Florence e Votuporanga, com 10,2 kms. Valor estimado: R$ 10.726.847,12;

- Vicinal VTG-020, trecho da rodovia SP-461, em Votuporanga e Parisi, com 9,4 kms. Valor estimado: R$ 5.556.927,73;

- Vicinal PLO-030, trecho entre a vicinal Palmeira D'Oeste e Dallas, em Palmeira D'Oeste, com 15,5 kms. Valor estimado: R$ 10.490.181,20;

- Vicinal SAL-020, trecho até o Centro de Lazer (Praia Richilieu), em Sales, com 7,2 kms. Valor estimado: R$ 2.968.000,00;

- Vicinal VLG-355, trecho até o acesso Córrego Viradouro, em Valentim Gentil, com 3,5 kms. Valor estimado: R$ 1.330.769,89;

- Vicinal CDS 040, trecho da SP 461 até o Povoado de Vila Alves, em Cardoso, com 4,0 kms. Valor estimado: R$ 2.637.879,52;

- Vicinal VLG-353, trecho até o dispositivo acesso ao Bairro Viradouro, em Valentim Gentil, com 14,5 kms. Valor estimado: R$ 7.592.535,72.

- Vicinal CTV-030, faz a ligação entre vicinal de Catanduva até o acesso entre Pindorama e Palmares Paulista, em Catanduva e Pindorama, com 6 kms. Valor estimado: R$ 3.967.523,82;

- Vicinal PTR - 030, trecho da SP 379, em Ibirá e Potirendaba, com 12,5 kms. Valor estimado: R$ 12.112.886,88.

últimas