POLÍTICA

Fernandópolis entra no epicentro de contencioso político estadual: Alckmin x Rodrigo Garcia

Fernandópolis entra no epicentro de contencioso político estadual: Alckmin x Rodrigo Garcia

E mais! Cobiçado, Pessuto confirma que fica no DEM

E mais! Cobiçado, Pessuto confirma que fica no DEM

Publicada há 5 meses

Fernandópolis entra no epicentro de contencioso político estadual: Alckmin x Rodrigo Garcia

As Eleições 2022 já começaram! E prometem ser das mais disputadas com um embate homérico entre o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o atual vice Rodrigo Garcia (PSDB).

E o mais interessante: um dos epicentros está justamente cá, no noroeste paulista, mais precisamente em Fernandópolis, com o envolvimento do federal Fausto Pinato (PP), atualmente um dos líderes da pré-campanha alckmista, confrontando João Doria (PSDB), que deve mesmo ir buscar o Palácio do Planalto e tentando erigir seu vice à cadeira principal do Estado.

Comprovando a assertiva, ontem, 23, Geraldo compareceu a um evento em Nhandeara, promovido pelo prefeito José Adalto Borini (Solidariedade), o popular Zé do Carneiro, apoiado pelo deputado que, sob a ilustração de propagar a "eficiência da gestão pública e no combate à pandemia", serviu como um verdadeiro encontro político: reativação de parcerias antigas e ativação de novas.

Mas a resposta vem breve!

Hoje, 24, é aguardada a presença do vice e sua comitiva em Fernandópolis, onde inaugurarão a sede da 1ª Companhia de Policiamento Militar de Fernandópolis, uma obra obra orçada em R$ 500 mil e executada com recursos próprios do município. Além disso, é previsto que Garcia anuncie a liberação de R$ 500 mil para a construção da Casa da Juventude e também autorize a recuperação funcional da Estrada Vicinal do Programa Novas Vicinais e a implantação do programa Rotas Rurais e entregas de drones, além de participar da entrega de cestas do programa 'Alimento Solidário'.

Além de Rodrigo Garcia, devem marcar passos em Fernandópolis o atual presidente da Assembleia Paulista Carlão Pignatari (PSDB) e o deputado federal olimpiense Geninho Zuliani (DEM), preludiando outro contencioso com Pinato.

Cobiçado, Pessuto confirma que, por enquanto, fica no DEM

Pessuto e Garcia durante reunião no Palácio dos Bandeirantes em 2019. Foto: Divulgação/Secom Fernandópolis

A indagação - se Pessuto também mudaria de partido indo para o PSDB - retumbou nesta semana, principalmente após a confirmação de que o 'neotucano' Rodrigo Garcia estará na cidade hoje, 24, a partir das 12h30 e, principalmente, com a confirmação do Diretório Estadual do PSDB de filiação de mais 65 novos prefeitos e vices.

Parceiro do vice-governador há tempos, desde suas primeiras incursões políticas como deputado estadual (1999-2010), André foi cogitado a integral o rol desses "65" mas resistiu e, por enquanto, permanece no DEM, partido que abrigava Garcia. O vice-prefeito Artur Silveira já é filiado ao PSDB.

O Diretório estadual do PSDB-SP chegou à marca recorde de 368 municípios paulistas com representação no governo municipal do PSDB. São mais de 300 mil filiados no Estado, sendo 230 prefeitos e mais de 130 vices.

Rodrigo Garcia concorrerá à sucessão de João Doria (PSDB), que deve disputar a presidência, num provável embate com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que pode ir para o PSD e projeta a formação de uma dobradinha com Márcio França (PSB) de vice. O DEM e o PP são outras opções.

Fechamento da Delegacia Federal de Jales?

O tema torna ao noticiário após o vereador Ricardo Gouveia afirmar essa possibilidade. Ele inclusive enviou oficio ao delegado federal chefe da unidade jalesense, Jackson Gonçalves, rogando maiores informações e novos rounds estão previstos para os próximos dias. A Delegacia de Polícia Federal de Jales foi instalada há mais de duas décadas e responde por 44 municípios da região.

62,5 milhões de inadimplentes

O Brasil tem cerca de 62,5 milhões de consumidores inadimplentes, de acordo com o Serasa. O número divulgado é 0,7% menor do que o verificado no mês de abril, quando o indicador estava em 62,98 milhões. A quantia média de cada dívida atingiu a marca de R$ 1.162,43, superando o salário mínimo. O maior volume está na categoria bancos/cartão, representando 29,7%, em seguida, estão as contas com luz, água e gás, com 22,3%. As compras no varejo representam 13% das dívidas.

'Véio da Havan' no Senado em 2022?

Prévia do instituto 'Paraná Pesquisas' relativa a disputa pelo Senado Federal em Santa Catarina mostrou que o empresário lidera as intenções de votos para a vaga. Luciano Hang tem 22,9% das intenções de votos dos entrevistados. A seguir estão o ex-governador Raimundo Colombo (17,3% das intenções de voto), João Rodrigues (7,9%), Dário Berger (5,3%), Kennedy Nunes (4,8%) e Ideli Salvatti (4,3%). 

Do general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, ex-ministro do governo Jair Bolsonaro, que defendeu nesta sexta-feira (23) a aplicação da lei para quem ameaçar a realização das eleições no Brasil. Para o militar, qualquer pessoa que faça ameaças ao processo ou divulgue acusações e mentiras sobre fraudes, seja ela militar ou civil, deve ser responsabilizado pela Justiça Eleitoral.

24 de julho é o 205.º dia do ano no calendário gregoriano (206.º em anos bissextos). Faltam 160 para acabar o ano.

Acontecimentos:

1148 — Primeiro dia do Cerco de Damasco por tropas da Segunda Cruzada, com o objetivo de conquistar a cidade aos buridas.

1567 — Jaime VI da Escócia assume o trono escocês.

1847 — Richard March Hoe, inventor americano, patenteia a prensa móvel rotativa.

1911 — Hiram Bingham III redescobre Machu Picchu, "a Cidade Perdida dos Incas".

1923 — O Tratado de Lausanne, estabelecendo as fronteiras da Turquia moderna, é assinado na Suíça pela Grécia, Bulgária e outros países que lutaram na Primeira Guerra Mundial.

1950 — A Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral inicia suas operações com o lançamento de um foguete Bumper.

1969 — A missão Apollo 11 (foto abaixo) retorna à Terra, pousando próxima ao Havaí.

1977 — Fim da Guerra Líbia-Egito.

2013 — Um trem a 190 km/h descarrilou na Espanha ao fazer uma curva com limite de velocidade de 80 km/h, matando 78 passageiros.

Nascimentos:

1529 — Carlos II de Baden-Durlach (m. 1577).

1725 — John Newton, clérigo britânico (m. 1807).

1783 — Simón Bolívar, líder político sul-americano (m. 1830).

1828 — Antônio Henriques Leal, escritor, médico e político brasileiro (m. 1885).

1862 — Raimundo de Farias Brito, escritor e filósofo brasileiro (m. 1917).

1911 — Elisa Lispector, escritora brasileira (m. 1989).

1930 — Jece Valadão, ator e diretor brasileiro (m. 2006).

1951 — Lynda Carter, a Mulher-Maravilha, atriz norte-americana.

1954 — Jorge Jesus (foto abaixo), treinador português de futebol.

1957 — Nelson Teich, médico oncologista e empresário brasileiro.

1969 — Jennifer Lopez, cantora e atriz norte-americana.

1976 — Cacá Bueno, automobilista brasileiro.

1990 — Daveigh Chase, atriz norte-americana.

1998 — Bindi Irwin, atriz, cantora e dançarina australiana.

Falecimentos:

946 — Maomé ibne Tugueje Iquíxida, governante egípcio (n. 882).

1129 — Shirakawa, imperador japonês (n. 1053).

1328 — Isabel de Castela, rainha de Aragão (n. 1283).

1739 — Benedetto Marcello, compositor, escritor e magistrado italiano (n. 1686).

1927 — Ryūnosuke Akutagawa, escritor japonês (n. 1892).

1974 — James Chadwick, físico britânico (n. 1891).

1980 — Peter Sellers, ator britânico (n. 1925).

2003 — Rogério Cardoso, ator e comediante (foto abaixo) brasileiro (n. 1937).

2008 — Zezé Gonzaga, cantora brasileira (n. 1926).

2017 — Artur Almeida, jornalista brasileiro (n. 1960).

Fonte: Wikipédia

últimas