POLÍTICA

Deputado Fausto Pinato trabalhou ao lado de Michel Temer pela pacificação política do país

Deputado Fausto Pinato trabalhou ao lado de Michel Temer pela pacificação política do país

Declaração do presidente veio após reuniões com participação do fernandopolense

Declaração do presidente veio após reuniões com participação do fernandopolense

Publicada há 1 semana

Pinato em almoço com Temer ocorrido ontem, 08; ex-presidente reuniu-se com Bolsonaro hoje, 09, e, após, divulgou Carta à Nação. Foto: Reprodução

Da Redação

Amigo do ex-presidente da República Michel Temer, o deputado federal Fausto Pinato (PP-SP) atuou de forma determinante na pacificação política que resultou na trégua do presidente da República Jair Bolsonaro, frente às ameaças de ruptura democrática.

Sob orientação de Temer e de políticos do Partido Progressitas, Bolsonaro fez um discurso de apoio e agradecimento à China na reunião de líderes dos países do BRICS. Em seguida, ligou para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e selou paz.

À tarde, o presidente Bolsonaro publicou a 'Declaração à Nação', na qual apoia a harmonia entre os poderes da República e seus membros.

Para Fausto Pinato, esta quinta-feira, dia 9 de setembro de 2021, foi histórica para o Brasil. Mais uma vez, o diálogo e o respeito prevaleceram. 

"Estive ao lado do presidente Temer buscando o apoio necessário para mudar o cenário político do Brasil. Tivemos o apoio do ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, e do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, nessa engenharia. O presidente Bolsonaro compreendeu a nossa proposta e foi sensível à mudança de postura", afirmou Pinato.

Como presidente das frentes parlamentares Brasil-China e dos BRICS no Congresso Nacional, Fausto Pinato disse que as declarações do presidente do Brasil à China foram essenciais à manutenmção das relações diplomáticas entre as duas nações. 

"Nós sempre estivemos no caminho certo, mas fomos atacados pelos grupos ideológicos que interferem na governabilidade. A amizade Brasil-China vai muito além das relações comerciais. Precisamos entender que o respeito à democracia e à diplomacia são o abre-alas do Brasil para o mundo", destacou o parlamentar.

Fonte: Assess. de Imprensa Fausto Pinato

últimas