POLÍTICA

Da tríade empresarial idealizada por Pessuto - Max Atacadista, Americanas e Aromasil - agora só falta a última

Da tríade empresarial idealizada por Pessuto - Max Atacadista, Americanas e Aromasil - agora só falta a última

Veja também: Vereadores abrem a porteira, quebram o mata-burro e passam a boiada: aumento salarial e criação de cargos

Veja também: Vereadores abrem a porteira, quebram o mata-burro e passam a boiada: aumento salarial e criação de cargos

Publicada há 11 meses

Da tríade empresarial de Pessuto - Max Atacadista, Americanas e Aromasil - só falta a última

O empresário Maurivon Silva e o prefeito André Pessuto, quando da confirmação do empreendimento. Foto: Jornal O Extra.net

Retroagimos ao período pré-eleitoral de 2020 e relembremos que dentre a estratégia de campanha do prefeito André Pessuto (DEM) estava o contemplado, com destaque, o tópico desenvolvimento comercial/industrial e geração de empregos, no qual ele, pessoalmente, e sua equipe de secretariados, investiu preciosas horas de trabalho, resultando, sinteticamente, numa tríade: a abertura das portas de três empreendimentos de porte considerável, com amplo apelo popular e aptidão de geração de muitos empregos.

Para tanto baseou-a no Grupo Mufatto (Max Atacadista), na Americanas SA e na Aromasil.

E o resultado político/eleitoral foi positivo, afinal, sem maiores dificuldades, Pessuto se reelegeu.

Sob os prismas empresarial e empregatício ainda perdura as consequências positivas da inauguração do último dia 27 de maio que gerou 250 empregos diretos e outros 100 indiretos e investimentos da ordem de R$ 35 milhões: o Max Atacadista.

Nesta semana, tornou com força e agora com sem pairar as dúvidas outrora pendentes, a abertura das portas da loja Americanas. A minoração dos questionamentos é que desta vez, ao contrário de promessas anteriores, o grupo já escolheu o local e nele realiza obras (no centro da cidade), abriu processo para a contratação de aproximadamente 40 colaboradores e tem data para a inauguração da loja física (Americana Express): dia 27 ou 28 deste mês.

Perceptível que da "promessa" anunciada no passado resta somente a indústria e distribuidora de produtos de higiene e limpeza que comprometeu a instalar-se no Distrito Industrial IV, numa área de 10 mil m² com investimento na ordem dos R$ 3 milhões. A empresa atualmente situada em Ouroeste emprega, segundo afirmou o empresário Maurivon Borges da Silva, 85 funcionários e deve ter capacidade de dobrar a produção e o número de contratados num espaço físico mais amplo.

Ou seja, ainda há lenha para abastecer essa fogueira.

Há!

Não esqueçamos do Supermercado Proença cujas portas foram descerradas em novembro passado com geração de 140 empregos diretos e que não foi incorporado a essa "tríade" porque o anúncio oficial data de junho de 2019, quando, pela terceira vez, o grupo empresarial afirmou que viria para Fernandópolis. E, finalmente, desta vez deu certo.

É... A Lava Jato acabou de vez!

Primeiro foi a decretação da anulação das provas decorrentes do acordo de leniência celebrado entre a empreiteira Odebrecht e o Ministério Público Federal, beneficiando o ex-presidente Lula com a suspensão dos processos; agora, como esperado, a anulação favoreceu o dono do Grupo Petrópolis, o empresário fernandopolense Walter Faria.

Faria teve o pedido de extensão dos benefícios da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) atendido pelo ministro Ricardo Lewandowski e duas ações contra ele foram suspensas. Elas eram baseadas nesse mesmo acordo de leniência.

Seguindo idêntica trilha, o empresário Vanuê Antônio da Silva, sobrinho de Walter e ex-membro do Conselho da Administração, impetrou pedido similar no STF e aguarda benefício idêntico.

Relembrando que o Supremo acolheu a tese de que a extinta força-tarefa da Lava Jato utilizou-se de mensagens hackeadas nos processos para obter condenações, as quais foram, posteriormente, consideras ilícitas.

Além de Walter e Vanuê, outros arrolados nos processos impetraram ou certamente impetrarão pedidos idênticos.

Os fernandopolenses foram acusados por envolvimento em esquema de corrupção no âmbito da Operação Lava Jato. Os réus foram acusados por 12 crimes de lavagem de dinheiro, após recebimento, entre 2006 e 2007, de US$ 3.686.869,21 em contas secretas mantidas na Suíça (clique aqui para relembrar).

*Texto originariamente publicado na Coluna .Inside de sexta-feira, 08.

Vereadores abrem a porteira, quebram o mata-burro e passam a boiada

O prefeito Edson Antonio Ermenegildo, que também é presidente do clube homônimo e delegado de Polícia. Foto: Reprodução

Olhem a exemplar conduta do Legislativo mirassolense!

De uma única vez os nobilíssimos edis aprovaram (em regime de urgência), um projeto de lei criando o 13º salário para eles próprios.

Não bastasse, ainda concederam um reajuste de 24% para seus próprios vencidos, subindo a remuneração dos 10 parlamentares de R$ 3,6 mil para R$ 4,4 mil.

E teve mais!

Estenderam o reajuste ao Executivo Municipal (prefeito e vice).

Calma! Ainda tem mais!

Na mesma sessão eles criaram 10 novos cargos de assessores na Câmara Municipal, com livre nomeação e exoneração.

A oneração salarial 'subirá' para sanção do prefeito Edson Ermenegildo que ainda não se pronunciou a respeito de, eventualmente, anuir com as alterações.

Será um ato isolado ou mentes brilhantes região afora copiarão a conduta?

Dia das Crianças: 31% de crescimento?

Pesquisa da ALSHOP mostra que 87,5% dos lojistas esperam aumento nas vendas de até 31% até a próxima terça-feira, 12. Neste universo, 50% esperam aumento de até 20% nas vendas e 37,5% esperam incremento maior, entre 21 e 30%. Os otimistas que esperam aumento superior a 31% representam 6,3%. A maioria dos consumidores procura presentes mais baratos: 18,8% dos consumidores quer itens de até R$ 80 e outros 75% procuram itens de R$ 81 a R$ 150. Os eletrônicos, itens de valor agregado mais alto, têm sido procurados por apenas 6% dos clientes nas lojas e sites.

Grupo Bahamas em Iturama

O executivo Jovino Campos Reis confirmou que o Bahamas está se instalando no município mineiro em área marginal à Rodovia MGC-255. O centro comercial varejista contatará também com posto de combustível no local e tem conclusão para o segundo semestre do próximo ano. A previsão é de geração inicial de 110 empregos , sendo que o grupo é a 17ª rede supermercadista nacional e a 4ª em Minas Gerais. Sua sede é em Juiz de Fora.

E tudo vai indo bem. Muito bem!

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador da inflação oficial no Brasil, de setembro disparou e subiu 1,16%. No acumulado dos últimos doze meses já chega 10,25% o que representa o maior índice desde o lançamento do Plano Real em 1994. O aumento na energia elétrica foi o grande vilão desde mês. As vendas do comércio varejista tiveram o maior recuo para o mês de agosto desde 2000 com queda de 3,1%. Enquanto isso o gás de cozinha e gasolina subiram 7,2% ontem.

Ex-prefeita cassada é absolvida por unanimidade!

E agora? Eis a situação: a ex-prefeita jalesense Nilce Mistilides Silva, cassada em fevereiro de 2015, acusada por uma Comissão Processante (baseada em uma denúncia subscrita por integrantes da OAB local) de irregularidades na contratação, sem licitação, de serviços de coleta de lixo urbano e limpeza pública, acaba de ser absolvida desta acusação pela Justiça em decisão unânime do Tribunal de Justiça de São Paulo. A ação contra Nice foi movida pelo Ministério Público Estadual e a decisão de 1ª instância a havia condenado por improbidade administrativa, imposto multa de cerca de R$ 9 mil, além da decretação da indisponibilidade de bens dentre outras sanções.

Câmara diz "não" à Taxa de Lixo novamente

Por 11 votas a 3, o Legislativo votuporanguense negou a instituição da Taxa de Lixo no município proposta pelo prefeito tucano Jorge Seba. É a segunda derrota do Executivo com esse tema na Câmara de lá, pois em 2018 o então prefeito João Dado também enviou projeto simétrico e, após muitas críticas dos vereadores e a iminente derrota, acabou retirando a propositura. O executivo alega que a criação do tributo é determinação do Marco Legal do Saneamento Básico.

CRECI: vendas de imóveis em baixa na região

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis paulista apontou que a venda caiu expressivos 27,83% na região no mês de agosto. Os dados provêm de pesquisa com 3.970 corretores em 87 cidades do noroeste paulista, inclusive Fernandópolis, Valentim Gentil, Votuporanga e Rio Preto, dentre outras. Em contrapartida, a locação imobiliária cresceu 4,32%.

O super, hiper, megaferiado da virada do mês!

Preparem-se para o embalo que vem ao final deste mês e início de novembro. O executivo municipal fernandopolense já decretou e outras cidades e órgãos públicos devem seguir esse calendário, com a transferência do Dia do Servidor Público do dia 28 para 29 de outubro (de quinta para sexta-feira), emendando com ponto facultativo na segunda-feira, 01 e com o feriado do Dia de Finados no dia 02 de novembro. Resumindo, fecharão as portas numa quinta-feira e reabrirão na quarta-feira.

Do ministro da Economia, em entrevista a Reuters, negando irregularidades em sua conta offshore num paraíso fiscal, e afirmando que perdeu dinheiro ao assumir o cargo público. Ele disse que os seus investimentos (US$ 9,5 milhões) foram devidamente declarados. O ministro está convocado para dar explicação no Plenário da Câmara dos Deputados.

últimas