TURISMO

Região Turística Entre Rios realiza reunião com representantes de dez municípios

Região Turística Entre Rios realiza reunião com representantes de dez municípios

O encontro aconteceu na quarta-feira, dia 20 de outubro, na cidade de Santa Rita d´Oeste

O encontro aconteceu na quarta-feira, dia 20 de outubro, na cidade de Santa Rita d´Oeste

Publicada há 1 mês

Participaram representantes das cidades de Águas Claras, Jales, Palmeira d’Oeste, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Fé do Sul, Santana da Ponte Pensa, Santa Rita d’Oeste, Três Fronteiras e Urânia - Foto: Reprodução

Da Redação

Os dez municípios participantes da Região Turística Entre Rios realizaram sua 8ª reunião para discussão de novas ações para serem efetivadas na retomada do Turismo. O encontro aconteceu na quarta-feira, dia 20 de outubro, na cidade de Santa Rita d´Oeste. Jales foi representada pelo chefe de divisão de Desenvolvimento Estratégico da Prefeitura, Luiz Carlos Gonzaga.

Participaram representantes das cidades de Águas Claras, Jales, Palmeira d’Oeste, Rubinéia, Santa Albertina, Santa Fé do Sul, Santana da Ponte Pensa, Santa Rita d’Oeste, Três Fronteiras e Urânia. O SEBRAE, grande parceiro da RT Entre Rios, esteve presente na reunião através dos representantes Evelise Galbe e Bruno José dos Santos, que estão desenvolvendo uma ação junto aos artesãos da região.

Segundo os participantes, com a chegada da temporada de final de ano, a região é destino de milhares de turistas de todo o Brasil. E este período servirá de termômetro para a programação das novas atividades a serem implantadas na região para o fomento do setor turístico pois, em parceria com a iniciativa privada, haverá uma pesquisa do perfil e quantidade de turistas na alta temporada.

Através deste estudo, inovadoras ferramentas para a alavancagem do setor serão criadas em toda região, o que viabilizará a amplitude e diversificação do turismo regional, que já elabora um calendário de Eventos para o ano de 2022, carregado de atrações e novidades.

Segundo Luiz Gonzaga, também foi colocado em pauta o cadastro que pessoas físicas e jurídicas, voltadas ao turismo, podem realizar no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos). “Debatemos a importância de as prefeituras apoiarem o cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor turístico, como por exemplo, dos setores de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de turismo-MEI (Microempreendedor Individual), entre outros, no Cadastur, do Ministério do Turismo. O cadastro permite ao prestador atuar legalmente, de acordo com a Lei do Turismo, por meio da emissão do Certificado Cadastur, assim como oferece benefícios aos cadastrados”, ressaltou.


Fonte: jales.sp.gov.br

últimas