OBRAS

Prefeitura inicia obra da ponte na Av. Teotônio Vilela

Prefeitura inicia obra da ponte na Av. Teotônio Vilela

Obra era aguardada e cobrada pela população desde 2007, quando ela caiu após intenso período de chuvas

Obra era aguardada e cobrada pela população desde 2007, quando ela caiu após intenso período de chuvas

Publicada há 2 meses

Prefeitura inicia obra da ponte na Av. Teotônio Vilela

SECOM - Prefeitura de Fernandópolis

A Prefeitura de Fernandópolis, por meio da Secretaria Municipal de Obras, deu início a construção definitiva da ponte na avenida Teotônio Vilela, principal ligação entre o bairro da Brasilândia com a região do residencial São Carlos, fundo da FEF e recinto de exposições. O local sempre foi muito movimentado, principalmente no período da festa agropecuária em maio, já que era utilizado como rota alternativa para os dias de maior movimento do evento.

Com o crescimento populacional daquela região da cidade, as reclamações e cobranças aumentaram para que a obra da ponte sobre o Córrego da Aldeia fosse realizada. Por várias vezes, a Prefeitura realizou a manutenção do local, porém, sempre no período de chuva a ponte acabava caindo. Foi identificado pela engenharia que o problema seria solucionado, somente com a construção de uma represa de contenção no próprio córrego.

Entre os anos de 2020 e 2021, o Grupo Arakaki, proprietário de um grande loteamento no entorno do córrego, construiu a represa com toda a infraestrutura necessária, permitindo desta forma que a Prefeitura de Fernandópolis realize de forma definitiva a construção da ponte na avenida Teotônio Vilela.

“Quero agradecer ao Grupo Arakaki por essa significativa obra para a nossa cidade. Além de deixar a região mais bonita com a represa, vai nos auxiliar a resolver esse problema antigo de interligação da avenida Teotônio. Agradeço também o deputado federal Fausto Pinato por todo o apoio com essa importante obra”, destacou o prefeito André Pessuto.

No total estão sendo investidos pela Prefeitura de Fernandópolis R$ 370 mil reais com tubos, rajão, pedras, concreto, aço e demais materiais de alvenaria. Toda a mão-de-obra, aterro e maquinário são feitos pela própria Prefeitura.

“Essa ponte sempre foi um problema, pois a chuva vinha e a ponte caia, a Prefeitura arrumava e pouco tempo depois caia de novo. O prefeito André vem desde 2017 buscando parcerias e estudos para fazer com que essa obra não desse mais dor de cabeça e gastos ao município. Desta forma, durante esse período, tivemos a construção da represa e agora estamos construindo a ponte, com material de qualidade e com essa contenção erguida pelo Grupo Arakaki”, comentou o secretário municipal de obras João Hashijumie.

FOTO 1

últimas