SAÚDE

Novas variantes da Covid-19: Decreto recomenda uso de máscara devido ao aumento de casos

Novas variantes da Covid-19: Decreto recomenda uso de máscara devido ao aumento de casos

Segundo dados do Ministério da Saúde, houve aumento de 120% de notificação de casos no País entre 6 e 11 de novembro

Segundo dados do Ministério da Saúde, houve aumento de 120% de notificação de casos no País entre 6 e 11 de novembro

Publicada há 2 meses

Da Redação

Foi publicado em Diário Oficial desta quarta-feira (30/11), o Decreto nº 15.176, recomendando o uso de máscara facial para contenção da disseminação da nova

subvariante da Ômicron (BQ1.1). O Decreto tem como embasamento orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

Desta forma, recomenda-se que pessoas com sintomas respiratórios utilizem máscaras de proteção facial cobrindo nariz e boca e que evitem locais fechados e com aglomerações de pessoas. O uso de máscaras é recomendado, principalmente por indivíduos com fatores de risco para complicações da COVID-19 como gestantes, idosos, pessoas com múltiplas comorbidades e imunossuprimidos. Também fica recomendado o uso da proteção facial para pessoas que frequentam ambientes com baixa ventilação e/ou riscos de aglomeração. O Decreto também cita que mediante a manifestação de quaisquer sintomas gripais, é necessário testagem bem como o isolamento dos casos suspeitos e confirmados; além de manter a vacinação em dia contra a COVID-19, incluindo as doses de reforço.

Um dos estudos considerados para elaboração do Decreto foi a Nota Técnica nº 16/2022 do Ministério da Saúde, que registrou aumento de 120% de notificação de casos de Covid-19 no País entre 6 e 11 de novembro, em comparação com a média móvel da semana anterior. O Decreto também considera a identificação da nova subvariante da Ômicron na região.

Em Votuporanga, segundo dados da Secretaria da Saúde, em novembro foram registrados 277 novos casos, sendo que três estão hospitalizados. Mais de 262 mil doses de vacina foram aplicadas no município até o momento, sendo 89.200 primeiras doses, 87.288 segundas doses e 85.814 doses de reforço. Cerca 4,5 mil pessoas não concluíram o esquema vacinal com a segunda dose; outras 41 mil não voltaram para tomar as doses de reforço.

Vacinação

Todas as unidades de saúde de Votuporanga contam com doses da vacina contra a Covid-19 para o público acima de 3 anos. A imunização de bebês com 6 meses a crianças com menos de 3 anos começou nesta semana, somente para os que possuem comorbidades e está sendo feita mediante agendamento prévio. Interessados devem procurar a unidade de saúde do bairro para fazer o agendamento.


Fonte: www.votuporanga.sp.gov.br

últimas