quinta, 19 de outubro de 2017
área do assinante
12/08/2017 10:20
Edição 3108

Cejusc recebe doações do Poder Legislativo

Assessoria de Imprensa 


O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), de Ouroeste, recebeu no último dia 4, a doação de duas impressoras e uma cadeira das Câmaras Municipais de Indiaporã e de Guarani d´Oeste. O Cejusc, que completará dois anos de atendimento na comarca de Ouroeste, é um centro de atendimento à população que procura uma alternativa ao processo judiciário para chegar à solução de conflitos de ordem financeira ou mesmo emocional, nos quais as pessoas envolvidas não conseguem, por si, acharem a melhor forma de resolver seus impasses.


Compareceram no dia autoridades dos três municípios que compõem a Comarca de Ouroeste. Representando Indiaporã estavam alguns vereadores e também seu presidente, Silmar Ribas de Souza, e o vice-prefeito Diego Junior de Oliveira Gonçalves. De Guarani d´Oeste compareceram o prefeito Nilson Timporim Caffer, seu vice João Mendonça, o presidente da Câmara, Gilmar Barbozane de Carvalho e, também, alguns vereadores. Já de Ouroeste estavam a prefeita Drª Lívia Luana Costa Oliveira, seu vice Nelcides de Oliveira Rodrigues, e o presidente da Câmara, Júlio César Santos. Todos foram recepcionados pelo juiz de Direito e coordenador do Cejusc de Ouroeste, Dr. Paulo Victor Alvares Gonçalves.


Também prestigiaram o evento as conciliadoras/mediadoras Wera Lúcia Muniz, Ellen Christina Carnielo e Carina Pereira Fernandes da Rocha, que desenvolvem um trabalho voluntário de facilitadoras para que as próprias partes consigam visualizar uma possível solução de seus conflitos.


O coordenador do Cejusc, o juiz Paulo Gonçalves ressaltou que “o Cejusc foi uma grande conquista para a Comarca, pois desenvolve um serviço de excelência, com acordos bem elaborados e de grande viabilidade de cumprimento, até porque são as próprias pessoas que visualizam a melhor forma de resolver seus problemas, seja na esfera comercial ou familiar, desafogando, em muito, o Poder Judiciário. No entanto, apesar do Cejusc ser um órgão do Judiciário, sua funcionalidade só é possível devido às parcerias com os municípios atendidos e o apoio da população, daí a necessidade dessas doações de hoje”.


Já a chefe Roselaine Romero enalteceu o desenvolvimento do trabalho nesses quase dois anos de funcionamento, falando da importância da colaboração dos Poderes Executivo e Legislativo dos municípios que compõem a Comarca, em especial, do Poder Judiciário, que fornece todo respaldo técnico à unidade, além dos benefícios à comunidade. “O resultado do atendimento prestado por toda nossa equipe tem sido muito satisfatório, no ano passado, mesmo, nosso índice de acordo foi de 81,5% em todas as áreas abrangidas pelo Cejusc. Neste ano, o percentual já está em 66,6% na área da família, e, no Juizado Especial Cível e de Reclamações Pré-Processuais o índice já é de 89,25%, sendo que temos, em média, entrada de 75 reclamações pré-processuais mensais, por isso é fundamental essa integração de Poderes, para que possamos, cada vez mais e melhor, atender àqueles que realmente precisam de algum tipo de orientação para solucionarem seus conflitos”.


Autoridades dos três municípios que compõem a Comarca de Ouroeste durante o evento de apresentação do Cejusc