quarta, 13 de dezembro de 2017
área do assinante
06/10/2017 09:24
Edição 3146

Furtou objetos avaliados em mais de R$ 11 mil e vendeu por R$ 58

Da Redação 


A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (03) um homem acusado de furtar uma igreja e um cartório eleitoral em Aparecida. O suspeito confessou os crimes. Após a comunicação do crime, ocorrido em uma paróquia da Alameda Chadad Gebran, agentes da delegacia local investigaram e identificaram o suspeito por meio de câmeras de segurança. O envolvido, de 38 anos, foi encontrado em sua casa na manhã de terça. Ele havia levado da capela, no último fim de semana, um sacrário com três âmbulas e uma teca, além de 121 hóstias consagradas e uma alfaia. Tudo estava avaliado em R$ 11,2 mil, mas ele vendeu por R$ 58 a duas pessoas. Os compradores foram localizados, indiciados por receptação culposa e liberados. Os objetos foram devolvidos à igreja.


CARTÓRIO

Câmeras de videomonitoramento também ajudaram a identificar o homem que invadiu e furtou o cartório eleitoral de Aparecida. A entrada do estabelecimento foi danificada. Na ocasião, ele levou um filtro de linha, 15 extensões elétricas, 50 sacos de lixo e 22 produtos de limpeza diversos. Parte do material estava na casa dele e foi apreendido. O suspeito será acusado pelos dois furtos qualificados. O caso foi registrado pela Delegacia de Polícia de Aparecida.




Objetos furtados da igreja valem mais de R$ 11 mil, mas foram vendidos pelo acusado por apenas R$ 58